Barra Cofina

Correio da Manhã

Política
6

Debate na generalidade e crise política no horizonte: As 24 frases que marcam a discussão do Orçamento do Estado

Com uma crise política no horizonte, veja as frases que marcaram a última semana.
Lusa 26 de Outubro de 2021 às 17:26
Parlamento, OE, debate
Parlamento, OE, debate FOTO: Miguel A. Lopes / Lusa
A Assembleia da República debateu esta terça-feira, na generalidade, a proposta de Orçamento de Estado para 2022, que será chumbada na votação de quarta-feira em plenário, caso se mantenha o voto contra anunciado pelo BE e PCP.

Com uma crise política no horizonte, que frases marcam a última semana a propósito das negociações do OE2022.

Recorde 24 frases proferidas nos últimos dias:

"O Orçamento do Estado para 2022 é um orçamento amigo do investimento, dirigido às classes médias e focado nos jovens, mantendo as marcas dos orçamentos anteriores, como a aposta no SNS (Serviço Nacional de Saúde), o reforço da proteção social e o aumento do rendimento dos trabalhadores e dos pensionistas. E a garantia de contas certas." António Costa, primeiro-ministro - 11-10-2021

"Teria muita dificuldade em entender que um orçamento, numa fase tão decisiva para o país, não fosse viabilizado no parlamento." João Leão, ministro das Finanças - 12-10-2021

"Porque o bom senso mostra que os custos são muito elevados, tenho para mim que o natural é que, com mais entendimento, com menos entendimento, com mais paciência, com menos paciência, acaba por passar na Assembleia da República o Orçamento do Estado." Marcelo Rebelo de Sousa, Presidente da República - 13-10-2021

"A proposta de Orçamento do Estado apresentada pelo Governo para 2022 confirma, insiste e persiste no caminho de empobrecimento que a esquerda quer condenar Portugal." Francisco Rodrigues dos Santos, presidente do CDS-PP - 14-10-2021

"Não tenho uma convicção profunda, se me pergunta probabilidades, direi 50/50. Não fico admirado se houver uma crise política e o PS resistir a estas fortíssimas exigências do PCP, mas também não fico admirado se o PS, para segurar no poder este Governo, resolver ceder ao Partido Comunista. Olhe, se pergunta a minha convicção, é 50% para cada lado." Rui Rio, presidente do PSD - 15-10-2021

"As negociações que ainda decorrem à esquerda só poderão ainda piorar este orçamento, um orçamento que revela bem que o PS não tem qualquer ideia de como pôr o país a crescer". João Cotrim Figueiredo, presidente da Iniciativa Liberal - 15-10-2021

"Não se compreenderia que o Bloco e o PCP conseguissem suportar este Orçamento. Este Orçamento é, de facto, o pior desde o primeiro Governo de António Costa." André Ventura, presidente do Chega - 15-10-2021

"Aquilo que nós não compreendemos é ações de ameaças ou 'bluff' político. O PAN não entra nessa jogada, o PAN já deixou bem claro que para si está tudo em aberto precisamente porque nós sentámo-nos à mesa do diálogo e fizemos o trabalho de casa." Inês Sousa Real, porta-voz do PAN - 15-10-2021

"Posso afirmar que não tem havido grande evolução [no sentido de viabilizar a proposta de OE2022]." Jerónimo de Sousa, secretário-geral do PCP - 15-10-2021

"Eu registo que o Governo ainda não deu nenhum passo negocial. Ainda tem tempo para dar esses passos e nós aqui estamos, com toda a disponibilidade, com toda a vontade, para que o país tenha um Orçamento do Estado. Agora, como compreende, um Governo minoritário tem de negociar e é isso que nós esperamos que o Governo faça." Catarina Martins, coordenadora do BE - 15-10-2021

"As coisas conforme estão, com este silêncio do Governo, dá ideia de que isto ["geringonça"] é para morrer." José Luís Ferreira, deputado do Partido Ecologista "Os Verdes" (PEV) - 16-10-2021

"É uma decisão dos partidos. O Presidente não se pode substituir aos partidos. O Presidente agora o que tinha a fazer, fez: preveniu em público, preveniu em privado. Agora espera. E depois agirá, de uma forma ou de outra: tendo condições, continuando tudo bem, promulgando [o Orçamento do Estado]; não tendo condições, avançando para eleições antecipadas." Marcelo Rebelo de Sousa -  16-10-2021

"Como ministro responsável pelos Assuntos Europeus, tenho dois alertas a fazer: o primeiro é que a estabilidade política tem sido sempre uma característica da situação política portuguesa, que muito tem ajudado o trabalho do ministro responsável pelos Assuntos Europeus no diálogo com as instituições europeias e com os seus colegas. E o país não devia perder essa sua vantagem, designadamente em comparação com a instabilidade que caracteriza vários outros Estados-membros." Augusto Santos Silva, ministro dos Negócios Estrangeiros - 18-10-2021

"Eu acho que o país não perceberia uma crise política, nem é desejável que entremos, mas o PS tem de negociar com aqueles que são os seus parceiros de coligação, o PCP e o BE." Paulo Rangel, eurodeputado do PSD e candidato à liderança do partido - 18-10-2021

"Eu nunca defino linhas vermelhas. Procuro sempre encontrar linhas verdes para o caminho que há a seguir. E, como diz a canção do Jorge Palma, enquanto há caminho para andar vamos continuar a caminhar." António Costa - 19-10-2021

"É verdadeiramente dramático e aviltante que um país moderno e desenvolvido, como Portugal, dependa dos votos da extrema-esquerda para ter um Orçamento de Estado." Francisco Rodrigues dos Santos - 19-10-2021

"Se somássemos todas as propostas, não havia dez orçamentos que chegassem. Portanto, como sempre aconteceu até agora, temos de ir tendo em conta as diferentes propostas de uns, de outros e a melhor combinação possível." António Costa - 20-10-2021

"A alternativa que se oferece ao país e à população é um orçamento apresentado pelo PSD. Já vimos no ano passado qual era a visão, na hora da verdade, do PSD: cortes, congelamento do salário mínimo." João Leão - 22-10-2021

"A chave de um orçamento que responda ao país, e de uma maioria parlamentar que aprove o orçamento, está, como sempre tem estado, na disponibilidade do Governo e do PS para um caminho negocial à esquerda." Catarina Martins - 24-10-2021

"Até ao último segundo eu mantenho aquilo que disse: o mais desejável e aquilo que eu esperaria que acontecesse é que o Orçamento passasse. Como sabem, se de todo em todo isso for impossível, se for impossível, eu inicio logo, logo, logo a seguir o processo [de dissolução]." Marcelo Rebelo de Sousa - 25-10-2021

"Porque é que o Governo diz que não a propostas tão sensatas, tão ponderadas, tão fundamentais? O Governo quer uma crise política? Talvez queira. É de uma enorme irresponsabilidade." Catarina Martins - 26-10-2021

"Neste momento, o Orçamento ainda não reprovou, portanto, enquanto isso não estiver claro eu não ponho, como diz o povo, o carro à frente dos bois." Rui Rio - 26-10-2021

"O Governo também tem o dever de interpretar qual é o seu dever perante o nosso país e os portugueses. E sobre isso não tenho a menor dúvida: o dever do Governo, o meu dever, não é virar as costas num momento de dificuldades, é enfrentar as dificuldades e por isso eu não me demito." António Costa - 26-10-2021

Ver comentários