Barra Cofina

Correio da Manhã

Política
8

António Costa evita manifestantes em Valença e atira Pedro Nuno Santos para o protesto. Veja as imagens

Primeiro-ministro empurrou o ministro das Infraestruturas para responder aos trabalhadores.
26 de Abril de 2021 às 12:33
A carregar o vídeo ...
António Costa evita manifestantes em Valença e atira Pedro Nuno Santos para o protesto
O primeiro-ministro, António Costa, e o Ministro da Infraestruturas e da Habitação, Pedro Nuno Santos, foram esta segunda-feira recebidos com protestos em Valença.

Na estação de Valença, estava uma manifestação da Comissão de Trabalhadores da Infraestruturas de Portugal, com t-shirts pretas em que se lê "Respeito pelos trabalhadores".

Quando um trabalhador das Infraestruturas de Portugal pediu ao primeiro-ministro que lhe respondesse a uma pergunta, António Costa chamou Pedro Nuno Santos para responder e saiu do local.

O ministro Pedro Nuno Santos tentou responder ao manifestante e salientou: "Faço mais do que qualquer um fez nesta função".

Os trabalhadores queixam-se, essencialmente, de que estão desde 2009 "sem qualquer valorização salarial".

"Inaugurar obras com o suor dos outros é fácil, mas também deveria ser ético, pelo que quem nos governa tem de reconhecer e valorizar os trabalhadores que estiveram sempre presentes para que esta e outras inaugurações pudessem ser uma realidade", lê-se numa nota distribuída à comunicação social.

Na quarta-feira o primeiro-ministro afastou o levantamento para breve das restrições de circulação nas fronteiras terrestres entre Portugal e Espanha, alegando que essa decisão será tomada apenas quando os dois países concluírem estarem reunidas as condições de segurança.

"O Governo procede a uma revisão quinzenal da situação. Portanto, para já, as fronteiras vão manter-se fechadas no espírito de boa colaboração que temos mantido com Espanha", declarou António Costa.

António Costa manifestantes pedro nuno santos
Ver comentários