Barra Cofina

Correio da Manhã

Política
5

Assembleia Municipal da Lourinhã aprova desagregação de freguesias do concelho

Propostas de desagregação vão ser remetidas para discussão na Assembleia da República, a quem compete a decisão final.
Lusa 1 de Outubro de 2022 às 11:53
Debates parlamentares vão voltar ao plenário da Assembleia da República
Debates parlamentares vão voltar ao plenário da Assembleia da República
A Assembleia Municipal da Lourinhã aprovou na sexta-feira à noite, por unanimidade, a desagregação das freguesias da Atalaia, Lourinhã, Moledo e São Bartolomeu, no distrito de Lisboa.

Os deputados municipais aprovaram a criação das freguesias da Atalaia e Lourinhã, por desagregação da União de Freguesias da Lourinhã e Atalaia, que foram fundidas em 2013.

O presidente desta união de freguesias, Pedro Margarido (PS), afirmou que a população defende a desagregação de ambas "para haver um maior elo de ligação" com os cidadãos e reconheceu que se trata de uma freguesia grande.

A assembleia municipal aprovou também a criação das freguesias de São Bartolomeu e Moledo, por desagregação da União de Freguesias de São Bartolomeu e Moledo, que foram fundidas em 2013.

A presidente da união de freguesias, Zita Silva (PS), justificou que a desagregação é uma "vontade da população" para "devolver a identidade, a história e a cultura" a estas duas freguesias.

As duas propostas de desagregação vão ser remetidas para discussão na Assembleia da República, a quem compete a decisão final.

Assembleia Municipal da Lourinhã Atalaia Lourinhã São Bartolomeu
Ver comentários