Barra Cofina

Correio da Manhã

Política
8

Câmara de Lisboa liderada por Medina deu 350 mil euros a empresa do filho de Sérgio Figueiredo

Semanário NOVO revela que a verba destinou-se a evento de sustentabilidade.
Correio da Manhã 19 de Agosto de 2022 às 22:40
Fernando Medina
Fernando Medina FOTO: YVES HERMAN/Lusa
O anterior executivo da Câmara Municipal de Lisboa, presidida pelo atual ministro das Finanças, Fernando Medina, concedeu um apoio de 350 mil euros a uma empresa de Sérgio Jacob Ribeiro, filho de Sérgio Figueiredo. A verba destinou-se à realização do " Planetiers World Gathering 2020", evento dedicado à temática da sustentabilidade. A informação foi avançada na edição online do NOVO.

O semanário recorda que à data dos factos, Fernando Medina era comentador remunerado na TVI 24, canal de noticias da TVI, que tinha Sérgio Figueiredo como diretor. TVI, de resto, foi a media partner do evento e recebeu pela parceria um valor "considerável" pago pela Planetiers, acrescentou, sem referir o montante, o ex-diretor da TVI à reportagem que faz a manchete do NOVO neste sábado.

Fernando Medina, recorde-se, convidou recentemente o antigo diretor de informação da TVI e ex-administrador da Fundação EDP como consultor estratégico para fazer a avaliação e monitorização do impacto das políticas públicas, escolha que motivou críticas de partidos políticos e comentadores. Sérgio Figueiredo deveria auferir um salário bruto de mais de 5800 euros.

Na sequência da polémica, o antigo jornalista acabaria por renunciar ao cargo. "É lixado desistir. É a forma de dizermos que não vale a pena - e não vale a pena, porque não vale tudo", escreveu num texto publicado pelo ‘Jornal de Negócios’. Fernando Medina reagiu à decisão dizendo que lamentava profundamente, mas "compreendo muito bem as razões".
Ver comentários