Barra Cofina

Correio da Manhã

Política

Candidato do Chega a Caminha entregou listas eleitorais no sítio errado e fica de fora da corrida às autárquicas

Partido vai apresentar queixa porque "a funcionária que recebeu os documentos não informou que ali era o sítio errado".
4 de Agosto de 2021 às 19:11
Carlos Gomes Pinto
Carlos Gomes Pinto FOTO: Facebook

O candidato do Chega! à Câmara Municipal de Caminha entregou as listas de candidatura às eleições autárquicas de setembro nos serviços da autarquia e não no Tribunal, como é exigido por lei, confirmou hoje à Lusa fonte do partido.

Em declarações à Lusa, a presidente da mesa da Assembleia Geral da Distrital do Chega! de Viana do Castelo, Elsa Abreu, esclareceu que o partido vai apresentar queixa na Comissão Nacional de Eleições porque quando o candidato, Carlos Gomes Pinto, deixou os referidos documentos no Balcão do Serviço de Atendimento da câmara de Caminha "a funcionária que recebeu os documentos não informou que ali era o sítio errado".

De acordo com a Lei Eleitoral dos Órgãos das Autarquias Locais, a apresentação de candidaturas deve ser feita até ao 55.º dia anterior ao dia da eleição perante o juiz do juízo local cível, sendo que a não entrega das listas com os nomes dos candidatos dentro do prazo estabelecido inviabiliza a candidatura.

"A entrega foi feita da sexta-feira na câmara e a funcionária reteve a documentação e não informou que ali era o sítio errado. Aliás, passou mesmo um recibo a dizer que lhe foi entregue toda a documentação", adiantou Elsa Abreu.

A dirigente do Chega! explicou que após o erro ter sido detetado se dirigiu ao mesmo balcão e que "a mesma funcionária não só não assumiu o erro como não se mostrou preocupada com a possível queixa".

"Vamos apresentar queixa junto da Comissão Nacional de Eleições, claro está", adiantou.

À Lusa, fonte da autarquia confirmou que "no dia 30 de Julho deu entrada no balcão do Serviço de Atendimento um conjunto de documentos com o timbre do Chega!, sem identificação da pessoa ou instituição à qual se dirigia, que foram rececionados pela funcionária municipal que estava de turno".

A mesma fonte esclareceu que "a mesma funcionária foi interpelada por dois cidadãos que se identificaram como representantes do Chega!, que se mostraram indignados por a referida documentação não ter sido encaminhada para o Tribunal Judicial da Comarca de Caminha".

Em 2017 o PS venceu as eleições autárquicas com 53,15% dos votos, seguindo-se o PSD (39,4% dos votos), a CDU (2,78%) e o CDS-PP (1,29%).

As eleições autárquicas estão marcadas para 26 de setembro.

Ver comentários