Barra Cofina

Correio da Manhã

Política

CDS quer economia a crescer e diz que Costa é candidato "à época de recurso"

Presidente do CDS-PP acusou o PS de não apresentar "solução rigorosamente nenhuma para o país".
Lusa 18 de Janeiro de 2022 às 14:12
Presidente do CDS
Presidente do CDS FOTO: Manuel de Almeida / Lusa
O presidente do CDS-PP defendeu esta terça-feira o crescimento da economia e acusou o PS de não apresentar "solução rigorosamente nenhuma para o país" e António Costa de ser candidato "à época de recurso", com a mesma proposta de orçamento.

"António Costa é candidato à época de recurso. Chumbou no primeiro exame e agora vem com o mesmo orçamento, não apresenta solução rigorosamente nenhuma para o país, tentar a aprovação junto dos eleitores", criticou o presidente centrista, que esteve no distrito pelo qual concorre, em Lisboa, para uma reunião com a administração do Tagus Park, no concelho de Oeiras.

Ao terceiro dia de campanha oficial para as eleições legislativas de dia 30, acompanhado pelo número dois no círculo de Lisboa, o ex-presidente Ribeiro e Castro, o líder centrista afirmou que "António Costa, a única proposta que tem para o país é um chumbo, é o orçamento chumbado".

CDS Lisboa António Costa PS política partidos e movimentos economia negócios e finanças eleições
Ver comentários