Barra Cofina

Correio da Manhã

Política
6

Centristas pedem demissão de Eduardo Cabrita. Ministro diz que o CDS é um “partido naufragado”

Em causa está a suspensão da requisição civil no caso do Zmar. 
Correio da Manhã 7 de Maio de 2021 às 12:19
Eduardo Cabrita
Eduardo Cabrita
O presidente do CDS-PP exigiu esta sexta-feira a demissão do ministro da Administração Interna, Eduardo Cabrita, devido à suspensão da requisição civil no caso do Zmar. 

"O CDS-PP entende que toda esta situação demonstra total falta de sensibilidade social e competência do Governo. Não é com medidas como a ocupação musculada do ZMar que Portugal consegue ter uma economia forte e de confiança, respeitar as liberdades individuais e oferecer respostas sociais adequadas.", refere o partido em comunicado. 

Numa nota enviada aos jornalistas, Francisco Rodrigues dos Santos começa por referir que "o Supremo Tribunal Administrativo acaba de suspender a requisição civil decretada pelo Governo, o que dá razão ao que o CDS-PP sempre defendeu".

Para o CDS-PP, "toda esta situação demonstra total falta de sensibilidade social e competência do Governo".

O ministro da Admnistração Interna, Eduardo Cabrita, reagiu ao pedido de demissão do mesmo por parte do CDS referindo que este é "um partido naufragado".
CDS-PP Eduardo Cabrita Zmar política diplomacia relações internacionais
Ver comentários