Barra Cofina

Correio da Manhã

Política
6

Familiares lideram apoios da Câmara de Odemira

Mulher e irmã do autarca presidem cooperativa.
Sónia Trigueirão 21 de Setembro de 2015 às 19:05
Hélder Guerreiro assumiu o cargo de presidente da Câmara de Odemira na última semana de agosto
Hélder Guerreiro assumiu o cargo de presidente da Câmara de Odemira na última semana de agosto FOTO: Pedro Galego
A TAIPA, Organização Cooperativa para o Desenvolvimento Integrado de Odemira, que tem na direção a irmã, Telma Guerreiro, e a mulher, Paula Lourenço, do presidente da Câmara de Odemira, Hélder Guerreiro, tem liderado os apoios financeiros concedidos pela autarquia.

No primeiro semestre de 2015, estava em primeiro lugar no ranking dos apoios, com um financiamento de 207 682 euros, segundo o jornal local ‘Mercúrio Online’, que cita o edital nº 74/2015, referente às transferências correntes e de capital da autarquia.

Ao que o CM apurou, a TAIPA tem sido uma das entidades mais financiadas pela autarquia nos últimos três anos, com um apoio superior a um milhão de euros. Questionado pelo CM se o facto de a cooperativa privada ser liderada por familiares seus poderia levantar questões de ilegalidade, Hélder Guerreiro negou: "Nunca tive qualquer intervenção na decisão de atribuição de apoios a essa entidade e nunca assinei qualquer documento."

O autarca, que assumiu funções de presidente na última semana de agosto, depois de José Alberto Guerreiro ter suspendido o seu mandato por integrar a lista do Partido Socialista (PS) no distrito de Beja, onde figura em segundo lugar, acrescentou que os apoios à TAIPA foram sempre atribuídos de forma legal.
Ver comentários