Barra Cofina

Correio da Manhã

Política
2
Ao minuto Atualizado às 16:46 | 13/05

Avanços e recuos no desconfinamento para vários concelhos e novas regras nas praias. Veja aqui

Teletrabalho é obrigatório até ao final de maio mas pode prolongar-se nos concelhos em que o Governo identifique como prioritários, pelo menos até ao final do ano.
Correio da Manhã 13 de Maio de 2021 às 15:49
Conferência de imprensa após a reunião de Conselho de Ministros
Conferência de imprensa após a reunião de Conselho de Ministros FOTO: Lusa
O Governo decidiu esta quinta-feira prolongar a situação de calamidade em território continental para combater a epidemia de covid-19 até ao dia 31 de maio, anunciou a ministra de Estado Presidência, Mariana Vieira da Silva.

Vários concelhos avançaram no plano de desconfinamento, há novas regras sobre a lotação das praias e também esclarecimentos relativamente ao teletrabalho, que se mantém obrigatório até ao final de maio mas que pode tornar-se também obrigatório até ao final do ano em concelhos que o Governo identifique.

Veja em direto
Ao minuto Atualizado a 13 de mai de 2021 | 16:46
16:39 | 13/05

Teletrabalho obrigatório até ao fim do ano onde Governo decidir

O teletrabalho será obrigatório onde o Governo decidir que assim se deve manter, pelo menos até ao final deste ano, confirmou a ministra.

O decreto lei permite manter concelhos em teletrabalho além do mês de maio consoante a decisão do Governo.

Até ao final de maio o teletrabalho mantém-se obrigatório em todo o País.
16:32 | 13/05

Governo sem previsão para reabertura de bares e discotecas

A ministra assumiu esta quinta-feira que não há qualquer previsão para a reabertura dos bares e discotecas e que o diploma terá ainda de ser estudado com os peritos.

A garantia é de que, consoante se vai conhecendo do vírus, os espaços fechados são onde a Covid-19 mais se propaga.

A decisão deverá ser tomada ainda este mês sobre os setores que ainda não reabriram a atividade.
16:24 | 13/05

Adeptos têm de vir "em bolha" para a final da Champions

A expectativa do Governo é que os adeptos que se desloquem a Portugal para assistir à final da Liga dos Campões venham "em bolha" e não tenham qualquer contacto com a população em geral.
16:16 | 13/05

Lotação das praias com alterações na cor do semáforo

Cor do semáforo consoante a lotação das praias:
Verde - lotação até 50%
Amarelo - lotação entre 50% e 90%
Vermelho - lotação acima de 90%
16:13 | 13/05

Novo plano só depois de maio

A ministra Mariana Vieira da Silva diz que um novo plano só será lançado após o final de maio. "Não será uma decisão que exista sem diálogo alargado", referiu.
16:08 | 13/05

Máscara só nos acessos às praias

As máscaras só serão obrigatórias no acesso às praias, anunciou a ministra. A máscara também é obrigatória nos acessos a bares e restaurantes, tal como no ano passado.

Regime contraordenacional passará a estar em vigor no novo decreto.
16:05 | 13/05

Teletrabalho obrigatório até fim de maio

Até ao final de maio o teletrabalho vai permanecer obrigatório em todo o País, anunciou a ministra.
16:01 | 13/05

Adeptos na final da Liga dos Campeões com restrições

A ministra anunciou que a final da Liga dos Campeões terá um limite de 12 mil adeptos no estádio mas há outras restrições:

- Lugares marcados

- Bilhete nominal

- Adeptos têm de vir e voltar no mesmo dia do jogo e viajarão em voos charter

15:53 | 13/05

Concelhos avançam no desconfinamento

Carregal do Sal, Cabeceiras de Basto e Paredes avançam no processo de desconfinamento e acompanham o resto do País.

Arganil e Lamego vão recuar nas regras de desconfinamento para as que estavam em vigor a 19 de abril. Resende vai manter-se com as regras de 5 de abril.

Em Odemira, as 11 freguesias no nível de desconfinamento em que já se encontravam e as duas mais críticas também avançam. Longueira e Almograve ficam no nível do resto do País e São Teotónio avança para as regras de 5 de abril.

Recuperaram
Alpiarça
Beja
Cabeceiras de Basto
Carregal do Sal
Coruche
Figueiró dos Vinhos
Forno de Algodres
Lagos
Paredes
Paços de Ferreira
Penafiel
Peniche
Ponte da Barca
Ponte de Lima
Santa Comba Dão
Tábua
Vidigueira

Em alerta
Albufeira
Alvaiázere
Castelo de Paiva
Fafe
Golegã
Melgaço
Montalegre
Oliveira do Hospital
Torres Vedras
Vale de Cambra
Vila Nova de Poiares
Odemira

Veja aqui a lista completa
15:52 | 13/05

País vai manter-se em situação de calamidade

O País vai manter-se em Situação de Calamidade até ao dia 30 de maio.

Esta decisão de renovar a situação de calamidade, que se aplica ao território continental de Portugal, foi anunciada por Marina Vieira da Silva no final da reunião do Conselho de Ministros.

A atual situação de calamidade entrou em vigor em 01 de maio e, se não fosse renovada, terminaria às 23h59 horas deste domingo.
15:50 | 13/05

Feiras itinerantes, parques infantis e parques aquáticos abertos

As feiras itinerantes, parques infantis e parques aquáticos podem voltar a funcionar, anunciou o Governo.
Governo País questões sociais Covid-19 Conselho de Ministros política
Ver comentários