Barra Cofina

Correio da Manhã

Política
2

Governo reconduz representantes do Estado na administração da Fundação Berardo

Conselho de administração é composto por cinco membros, sendo dois designados pelo membro do Governo responsável pela área da cultura.
Lusa 12 de Abril de 2021 às 14:26
Fundação Berardo
Fundação Berardo FOTO: DR
O Governo reconduziu os representantes do Estado no conselho de administração da Fundação de Arte Moderna e Contemporânea - Coleção Berardo, Catarina Vaz Pinto, Elísio Summavielle e Rui Patrício, segundo despacho publicado esta segunda-feira em Diário da República (DR).

O despacho hoje publicado, emitido pelo gabinete da ministra da Cultura, Graça Fonseca, produz efeitos a 01 de janeiro e recorda que, nos termos dos estatutos da Fundação Berardo, o conselho de administração é composto por cinco membros, sendo dois -- os membros-Estado - designados pelo membro do Governo responsável pela área da cultura.

Ainda segundo os estatutos, um dos membros-Estado é, obrigatoriamente, membro do conselho de administração da Fundação Centro Cultural de Belém, e um terceiro é designado por acordo entre o membro do Governo responsável pela área da cultura e o colecionador José Berardo.

Segundo o despacho hoje publicado, ao abrigo dos mesmos estatutos foi designada, por comum acordo entre a ministra da Cultura e o colecionador José Berardo, Catarina Vaz Pinto para exercer o cargo de vogal do conselho de administração da fundação.

De acordo com o despacho, são nomeados como vogais do conselho de administração da Fundação, na qualidade de membros-Estado, Elísio Summavielle - presidente do conselho de administração da Fundação Centro Cultural de Belém - e Rui Patrício, que também já se encontravam no cargo.

O mandato dos vogais nomeados é de quatro anos, com início a 01 de janeiro de 2021.

O conselho de administração da Fundação Berardo é ainda composto por dois nomeados pelo colecionador José Berardo.

A Fundação de Arte Moderna e Contemporânea -- Coleção Berardo tem, estatutariamente, nos seus órgãos sociais, o presidente honorário vitalício, José Berardo, que, é, por inerência, o presidente do conselho de administração e do conselho de fundadores.

No conselho de administração estão ainda, nomeados por José Berardo, André Magalhães Luiz Gomes e Renato Berardo.

Pedro Bernardes ocupa o cargo de diretor-geral, e o Museu Berardo tem como diretora Rita Lougares.

Ver comentários