Barra Cofina

Correio da Manhã

Política
6

"Há um desespero mas não é meu": Moedas reage a desculpas de Medina e diz que divulgação de dados "pode ser crime"

Candidato à presidência da CML defende que situação é grave e que pode colocar estes cidadãos em risco.
Correio da Manhã 10 de Junho de 2021 às 13:20
A carregar o vídeo ...
"Há um desespero mas não é meu": Moedas reage a desculpas de Medina e diz que divulgação de dados "pode ser crime"
O candidato do PSD à Câmara de Lisboa, Carlos Moedas, respondeu esta quinta-feira ao presidente Fernando Medina que o acusou de "desespero" e "aproveitamento político" do caso. 

O candidato à presidência da CML defende que há aqui um desespero mas não é o meu, é o do presidente da câmara". Moedas defende que este é um caso grave que "pode ser crime" e que coloca em risco a vida destes cidadãos que também têm cidadania portuguesa.

Moedas continua a defender que Medina terá de se demitir após a confirmação de que a autarquia enviou para a Rússia dados de três pessoas que participaram numa manifestação anti-Kremlin.

Defende ainda que o atual presidente não pode apenas "pedir desculpa" e não assumir as suas responsabilidades políticas. 

PSD Medina Lisboa Câmara de Lisboa Carlos Moedas Fernando Medina política partidos e movimentos
Ver comentários