Barra Cofina

Correio da Manhã

Política
6

Marcelo: Sem Orçamento "avanço para a dissolução" do Parlamento

PCP anunciou que vai votar contra na generalidade.
Correio da Manhã 25 de Outubro de 2021 às 12:52
A carregar o vídeo ...
PCP anunciou que vai votar contra ao OE na generalidade.
Marcelo Rebelo de Sousa reafirmou esta segunda-feira que sem aprovação do Orçamento do Estado avança para a dissolução do Parlamento.

"Até ao último segundo eu mantenho aquilo que disse: o mais desejável e aquilo que eu esperaria que acontecesse é que o Orçamento passasse. Como sabem, se de todo em todo isso for impossível, se for impossível, eu inicio logo, logo a seguir o processo [de dissolução]", disse Marcelo Rebelo de Sousa.

O Presidente da República disse que vai tentar perceber qual é o estado de espírito dos diversos protagonistas e se há possibilidade de encontrar o número de deputados para passar o Orçamento do Estado.

"A votação é na próxima quarta-feira, vamos agora ver. Eu vou ponderar serenamente as informações, perceber qual é o estado de espírito dos diversos protagonistas e ver se é possível de alguma forma encontrar o número de deputados para viabilizar o Orçamento", afirmou.

"Vamos ver o que é que se passa, serenamente, com bom senso", reforçou o Presidente da República.

O secretário-geral do PCP, Jerónimo de Sousa, anunciou esta segunda-feira que o partido vai votar contra o Orçamento do Estado na generalidade. Já o PAN e as deputadas não inscritas Joacine Katar Moreira e Cristina Rodrigues anunciaram que se vão abster. Apenas falta anunciar o sentido de voto do Partido Ecologista. 

Se as intenções de voto se verificarem esta quarta-feira, o Orçamento apresentado pelo Governo poderá ser chumbado já na generalidade. 
Parlamento Marcelo Rebelo de Sousa política orçamento do estado
Ver comentários