Barra Cofina

Correio da Manhã

Política
9

Marcelo aumenta risco de 2.ª volta

Conheça os resultados da sondagem CM/Aximage.
José Rodrigues 22 de Janeiro de 2016 às 02:17
FOTO: Paulo Novais/Lusa
O candidato Marcelo Rebelo de Sousa pode ganhar as eleições presidenciais deste domingo à primeira volta, mas por uma escassa margem. Segundo uma sondagem CM/Aximage, realizada nos dias 16 a 20 deste mês, o ex-comentador político obtém 51,5% das intenções de voto, mais 1,5% do que o necessário (50% mais um voto). Assim, uma segunda volta poderá ser ditada pelo comportamento dos indecisos.

As primeiras sondagens davam a Marcelo mais de 60% dos votos. No final da pré-campanha, numa sondagem CM realizada entre 2 e 5 deste mês, obteve 52,9% e agora, a um dia do fim da campanha oficial, caiu para 51,5% (menos 1,4 pontos percentuais).

Nesta sondagem, o ex-reitor da Universidade de Lisboa, Sampaio da Nóvoa, fica em segundo lugar, com 22,6%, subindo 5,7 pontos em relação à última sondagem (16,9%). Para Maria de Belém a campanha oficial foi muito negativa, caindo de 11,8 % para 9%. A haver segunda volta, o tira-teimas será entre Marcelo e Nóvoa.

Leia também
Quem subiu muito foi a candidata do BE, Marisa Matias, de 2,8% para 6,6% (mais 3,8 pontos). O candidato do PCP, Edgar Silva, sobe de 1,9% para 5,2%, certamente pela ação da máquina do PCP no terreno, mas fica atrás de Marisa. O candidato independente Paulo Morais desce de 2,9% para 2,3%. Digna de registo é a intenção de voto em Vitorino Silva, conhecido por Tino de Rans, com 1,8 %, ficando mesmo à frente de Henrique Neto, Cândido Ferreira e Jorge Sequeira.
Ver comentários