Barra Cofina

Correio da Manhã

Política
1

Ministro do Ambiente exige que LusoRecursos seja "mais profissional" no projeto de lítio em Montalegre

"Se não for mais profissional do que aquilo que tem sido, é inevitável que esses prazos se esgotem", relembra Matos Fernandes.
Lusa 28 de Abril de 2021 às 19:07
O ministro do Ambiente disse esta quarta-feira que o próximo Estudo de Impacto Ambiental [EIA] da LusoRecursos para o projeto de lítio em Montalegre tem de ser "muito melhor", caso contrário "é inevitável" que a licença de concessão seja revogada.

"Se a LusoRecursos não for mais profissional do que aquilo que tem sido, é inevitável que esses prazos se esgotem e que essa licença venha a ser revogada", afirmou o ministro do Ambiente e da Ação Climática, João Matos Fernandes, referindo que a empresa à qual o Governo concedeu o contrato de exploração em 2019 pediu um adiamento de prazo até agosto para poder voltar a entregar o novo EIA.

Falando à margem da apresentação do Projeto Centrais Fotovoltaicas - Telheiras e Parque das Nações, promovida pela Empresa Portuguesa de Águas Livres (EPAL), em Lisboa, o ministro esclareceu o que disse em entrevista ao jornal Politico, publicada esta quarta-feira, em que avançou que o Governo vai cancelar o projeto da mina de lítio em Montalegre da LusoRecursos.

LusoRecursos Governo Montalegre da LusoRecursos EIA política governo (sistema)
Ver comentários