Barra Cofina

Correio da Manhã

Política
5

Morreu Nuno Ortigão de Oliveira, Presidente da junta de freguesia da Foz no Porto

Autarca foi vítima de doneça prolongada. Presidente da Câmara do Porto decretou um dia de luto municipal.
Lusa 28 de Abril de 2021 às 18:03
Nuno Ortigão de Oliveira
Nuno Ortigão de Oliveira FOTO: Luís Vieira
O presidente da União de Freguesias de Aldoar, Foz do Douro e Nevogilde, Nuno Ortigão de Oliveira, morreu esta quarta-feira, aos 57 anos, vítima de doença prolongada, informou a Câmara do Porto, que decretou um dia de luto municipal.

Nuno Ortigão de Oliveira foi eleito presidente da União de Freguesias de Aldoar, Foz do Douro e Nevogilde pelo movimento de cidadãos independentes "Rui Moreira: Porto, o Nosso Partido" em 2013, e reeleito em 2017.

Numa nota na sua página oficial, o município indica que o presidente da Câmara do Porto, Rui Moreira, decretou um dia de luto municipal, a respeitar na quinta-feira.

Já a União de Freguesias de Aldoar, Foz do Douro e Nevogilde decretou três dias de luto em memória de Nuno Ortigão, nos dias 28, 29 e 30 abril, sendo concedida tolerância de ponto na tarde de quinta-feira a todos os colaboradores da autarquia que pretendam participar nas cerimónias fúnebres, que se realizam por volta das 15h00 na Igreja da Paróquia da Nossa Senhora da Boavista.

No despacho, assinado esta quarta-feira pela presidente em substituição, Ana Furtado, é dito ainda que, na quinta-feira, a bandeira do Município do Porto será colocada a meia haste.

Numa reação à morte do autarca, o movimento pelo qual foi eleito disse lamentar "com profundo pesar" e consternação a morte de Nuno Ortigão, a quem agradeceu todo o seu envolvimento na causa pública.

"Hoje perdemos, também, um dos nossos. Desde a primeira hora, Nuno Ortigão abraçou, com verdadeiro espírito de entrega e de cidadania, o projeto com que nos apresentámos à cidade, há mais de sete anos. O projeto independente que tão bem imprimiu durante a sua governação", assinalam numa nota publicada na página do Movimento e onde endereçam as suas condolências "à família e a todos os seus fregueses".

Também o PS/Porto expressou, através da sua página na rede social Facebook, o seu profundo pesar pelo falecimento de Nuno Ortigão, apresentando as suas sentidas condolências a todos os familiares, amigos e ao Movimento de Rui Moreira.

A morte de Nuno Ortigão foi ainda lamentada pela Comissão Política Concelhia do CDS Porto, que na sua página na rede social 'Facebook' se associa ao dia de luto municipal, endereçando os seus sentimentos à família do autarca.

"Não poderia esta Concelhia deixar de lembrar com Estima e Amizade o "Nuno", que com entusiasmo e jovialidade sempre nos apoiou e envolveu nas atividades promovidas pela Junta, com a máxima de que a participação político partidária ativa nos desígnios político-locais, se revelavam um pilar basilar para a preservação da Democracia e da cidadania", pode ler-se na publicação.

Natural do Porto, Nuno Ortigão licenciou-se em Ciências Históricas pela Universidade Portucalense em 1988, tendo em 1966 concluiu uma pós-graduação em Gestão pelo Instituto Superior de Estudos Empresariais (ISEE), da Universidade do Porto.

Segundo a Câmara do Porto, entre 1994 e 1996, foi diretor de comunicação de "uma grande empresa nacional" e a partir de 2001, iniciou funções como diretor de comunicação na Metro do Porto, empresa onde se mantinha atualmente como diretor de exploração.

Ver comentários