Barra Cofina

Correio da Manhã

Política
6

MORREU O HOMEM QUE LANÇOU O SIS

Morreu ontem o general Pedro Cardoso (1922-2002), antigo Chefe de Estado Maior do Exército, braço-direito de vários presidentes e primeiros-ministros sempre que o assunto eram os serviços secretos nacionais.
6 de Agosto de 2002 às 00:52
Foi ainda responsável pela criação do Serviço de Informações de Segurança (SIS), a “secreta” nacional.
Pedro Alexandre Gomes Cardoso tinha 79 anos e desde há algum tempo que se encontrava internado no Hospital Militar de Lisboa devido a doença prolongada.

Ao longo de 60 anos de carreira militar, o general notabilizou-se no domínio da estratégia das informações, tendo ocupado cargos na NATO e nas antigas províncias ultramarinas portuguesas, até que o ex-primeiro-ministro Cavaco Silva o nomeou para a Comissão Técnica do Conselho Superior de Informações - responsável pela coordenação de vários serviços de informação.

Quem com ele trabalhou recorda-o como pessoa de reconhecida competência e um excelente analista. Uma destas pessoas lembra-se que o general, sempre atento a todas as informações, achava curioso o facto de todos os textos que surgiam na Imprensa anglo-saxónica sobre a Revolução de Abril eram ilustrados com fotografias de Álvaro Cunhal, a quem chamavam o “troublemaker” - causador de problemas - português.
Ver comentários