Barra Cofina

Correio da Manhã

Política
3

Oito candidatos ao bastião socialista de Matosinhos

Atual presidente da Câmara vai recandidatar-se ao cargo.
Manuel Bento 14 de Abril de 2021 às 19:21
Luísa Salgueiro
Luísa Salgueiro FOTO: Lusa

As eleições autárquicas deste ano deverão contar com oito candidatos à presidência da Câmara de Matosinhos, município que é um bastião socialista há décadas.

A atual presidente da Câmara de Matosinhos, Luísa Salgueiro (PS), vai recandidatar-se ao cargo. Narciso Miranda, histórico autarca daquele concelho do Grande Porto e atual vereador independente, já indicou que não apresentará uma candidatura. 

Fonte próxima do independente António Parada (que foi o candidato do PS em 2013 contra Guilherme Pinto e candidato independente em 2017, sendo eleito vereador) confirma ao CM que a candidatura do movimento 'António Parada Matosinhos SIM' está a ser preparada, aguardando pela decisão da Assembleia da República sobre as alterações à lei autárquica. Também Joaquim Jorge, fundador do Clube dos Pensadores, prepara a corrida com a chancela 'Matosinhos Independente' e já lançou duras críticas àquelas alterações legislativas introduzidas recentemente.

O PSD lançou o advogado Bruno Pereira como cabeça de lista à câmara. A CDU apresentou há dias o atual vereador José Pedro Rodrigues como candidato. Humberto Silva, impulsionador do movimento Diz Não ao Paredão, é também candidato independente, com apoio do Iniciativa Liberal e do Aliança. O candidato do Chega será o presidente da estrutura concelhia, Israel Pontes.

O Bloco de Esquerda ainda não apresentou o seu candidato e "fá-lo-á a seu tempo", indicou fonte do partido. O CDS "ainda não tem uma decisão fechada", afirmou fonte da estrutura concelhia, estando a ponderar se apresenta uma candidatura própria ou se apoiará um dos concorrentes já conhecidos.

 

Ver comentários