Barra Cofina

Correio da Manhã

Política
3

PSD acusa Governo de propor "estagnação de salários", PM defende "máxima cautela"

Durante primeira ronda do debate sobre política geral com António Costa.
Lusa 29 de Setembro de 2022 às 16:25
Parlamento
Parlamento
O PSD acusou esta quinta-feira o Governo de propor aos privados uma "estagnação de salários" para os próximos quatro anos, com o primeiro-ministro a recomendar "máxima cautela" para evitar uma espiral inflacionista de que "ninguém sabe sair".

Na primeira ronda do debate sobre política geral com o primeiro-ministro, o líder parlamentar do PSD, Joaquim Miranda Sarmento, centrou toda a sua intervenção na perda de poder de compra real quer nas pensões quer nos salários, referindo-se à proposta apresentada na quarta-feira pelo Governo em sede de concertação social para o setor privado.

O Governo propõe aos parceiros sociais uma valorização nominal das remunerações em 4,8% em média, em cada ano, entre 2023 e 2026, de forma a garantir nesse período um aumento médio acumulado de 20% dos salários dos trabalhadores.

PSD Governo PM economia negócios e finanças
Ver comentários