Barra Cofina

Correio da Manhã

Política

Rui Moreira admite parceiro na Câmara do Porto

Maioria absoluta foge ao independente que perdeu 10 mil votos.
Manuel Jorge Bento 28 de Setembro de 2021 às 08:34
A carregar o vídeo ...
Rui Moreira admite parceiro na Câmara do Porto
O último mandato de Rui Moreira na presidência da Câmara do Porto foi alcançado com duas derrotas: a perda de 10 mil votos e da maioria absoluta. Com seis dos 13 lugares no executivo, o autarca não descarta a negociação com um dos partidos. "Temos de avaliar se vale a pena tentarmos governar sozinhos ou se haverá condições para chegar a um acordo com alguma das forças políticas", afirmou ao CM.

A maioria absoluta foi retirada a Moreira com a subida do Bloco de Esquerda, que elegeu um vereador [Sérgio Aires] pela primeira vez. O PS garantiu o segundo lugar, mas perde um vereador (fica com três) e mais de 10 pontos percentuais face às autárquicas de 2017. O PSD ‘sacou’ o lugar perdido pelos socialistas e fica com dois mandatos na câmara. Ilda Figueiredo (CDU) garantiu a continuidade.

A equipa executiva de Rui Moreira e do ‘vice’ Filipe Araújo contará com os já vereadores Catarina Araújo, Ricardo Valente, Pedro Baganha e Cristina Pimentel. Fernando Paulo (Habitação) não foi eleito.

Perde Paranhos e Campanhã "é do PS"
O movimento de Rui Moreira venceu cinco das sete freguesias do Porto, mas o PSD ficou a 252 votos de conquistar o Bonfim. Em Campanhã ganhou o PS, com apoio de Moreira. "Há quem queira aparecer nessa fotografia, mas é uma vitória do PS", disse Tiago Barbosa Ribeiro.
Rui Moreira Campanhã PS Câmara do Porto PSD Porto política autoridades locais
Ver comentários