Barra Cofina

Correio da Manhã

Política
3

Taxa de abstenção pode atingir níveis máximos históricos. Previsão aponta para entre 46% e 49%

Nas últimas eleições autárquicas, em 2017, a abstenção baixou depois de um recorde em 2013.
Correio da Manhã 26 de Setembro de 2021 às 20:21

A afluência às mesas de voto nas eleições autárquicas 2021 foi de 42,43% até ás 16h. De acordo com uma projeção da Intercampus para o CM/CMTV, a taxa de abstenção este ano deve situar-se entre os 46% e 49%. 

Apesar de este ano haver mais uma hora para votar (as mesas de voto encerraram às 20h), a abstenção pode atingir níveis históricos, como uma das percentagens mais altas em eleições autárquicas. 

Há quatro anos, nas eleições de 2017, a abstenção fixou-se em 45,03%. Valores que diminuíram face a 2013, em que se registou uma taxa de abstenção de 47,4%, a mais alta de sempre neste tipo de eleições.

São mais de nove milhões de cidadãos em Portugal elegíveis para votar. De acordo com a informação disponível no site do Ministério da Administração Interna, apenas cerca de cinco milhões votaram nas últimas eleições autárquicas. 


Veja aqui todos os resultados nacionais das Autárquicas e conheça os presidentes de câmara já eleitos.






CMTV política eleições eleições locais partidos e movimentos
Ver comentários