Barra Cofina

Correio da Manhã

Portugal
1

António Parada deixa PS no dia 1 de Luísa Salgueiro

Candidato derrotado em 2013 diz que Matosinhos necessita de uma alternativa às que já existem.
Manuel Jorge Bento e Marina Pinto 22 de Abril de 2017 às 10:14
António Parada, à esquerda, entregou o seu cartão de militante do PS e mostra-se disponível para avançar
António Parada, à esquerda, entregou o seu cartão de militante do PS e mostra-se disponível para avançar FOTO: Direitos Reservados
Luísa Salgueiro foi ontem apresentada como candidata do PS à presidência da Câmara de Matosinhos. Narciso Miranda, que liderou o município durante mais de 20 anos, aguarda pela definição das regras de candidatura de independentes para iniciar a recolha de assinaturas.

António Parada, candidato derrotado por Guilherme Pinto em 2013, ex-adjunto do secretário de Estado das Pescas e atual diretor técnico na Docapesca há cerca de um mês, entregou ontem o cartão de militante do PS e mostra-se disponível para avançar.

"Vou ponderar nos próximos dias, de uma forma sustentada no princípio da necessidade que Matosinhos tem de ter uma alternativa àquilo que hoje existe", afirma Parada, que sai do PS em rutura com a Federação Distrital. "Não vou falar de três candidatos porque eu ainda não disse que era candidato" remata o agora ex-comissário nacional do partido.

"Registo" é o único comentário de Luísa Salgueiro à existência de duas outras candidaturas na área socialista. "Estou concentrada na candidatura e isto é a democracia a funcionar. Respeito todos os adversários de igual modo", referiu Luísa Salgueiro, candidata oficial do PS.

Já Narciso Miranda mostra-se satisfeito com o avanço de Parada. "A legitimidade é indiscutível. É preciso valorizar a cidadania e qualificar a democracia. Estou aqui com humildade para unir e convergir contra processos de exclusão, com um único pensamento: Matosinhos sempre em primeiro. Cabemos todos para convergir. Unir é a palavra de ordem", diz ao CM.

O PSD ainda não definiu quem será o candidato à Câmara, que vai ser indicado pela Distrital.
Ver comentários