Barra Cofina

Correio da Manhã

Portugal
6

Estacionamento diário na Ameixoeira por 50 cêntimos

Por dia entram na capital 400 mil carros. Previstos mais de quatro mil lugares em oito espaços.
João Saramago 30 de Maio de 2017 às 08:43
EMEL quer criar parque de estacionamento na perferia para retirar carros do centro de Lisboa
EMEL quer criar parque de estacionamento na perferia para retirar carros do centro de Lisboa FOTO: Getty Images
A partir do próximo mês, quem tiver o passe mensal válido para o Metro de Lisboa vai poder utilizar o parque de estacionamento da Ameixoeira, ao custo diário de 50 cêntimos. Este é o primeiro a entrar em funcionamento, de um conjunto de quatro parques designados de dissuasores: os restantes são Pontinha, Areeiro e Pedrouços, todos ainda sem data para começar a funcionar com a nova tarifa.

Estes parques terão um custo inferior ao praticado pela EMEL nos bilhetes diários, que custam dois euros nas zonas verdes e três euros nas zonas amarelas. Ainda sem um preço definido serão também criados parques dissuasores na Bela Vista e nos estádios da Luz e Alvalade e também no Senhor Roubado.

O objetivo destes parques, que terão um total superior a quatro mil lugares, é proporcionar um custo inferior ao que representa levar o automóvel até ao local de trabalho no centro da capital. Diariamente entram em Lisboa 400 mil veículos e esta é uma solução dirigida a estes automobilistas. 

A solução pode, contudo, não ser vantajosa para todos. Utilizar o parque da Ameixoeira terá um custo em 22 dias úteis de onze euros. Valor a que será acrescido o custo do passe Navegante que permite, em Lisboa, usar o Metro, a Carris e a CP e tem um custo de 36,20 €. Ou seja, o custo mensal de 47,20 €.

Se, por exemplo, o automobilista trabalhar nas Laranjeiras, pode optar pelo bilhete diário na avenida Lusíada de dois euros. Em 22 dias úteis o custo é de 44 euros. Em Campo de Ourique, o bilhete diário permite estacionar pelo mesmo preço junto à rua Campo de Ourique. E no Parque das Nações, pode estacionar no Passeio Báltico.
Ver comentários