Barra Cofina

Correio da Manhã

Portugal

Festival de guitarra leva espetáculo até à igreja

Quinta edição do certame vai levar concertos a diversos espaços da capital do Minho.
Liliana Rodrigues 5 de Fevereiro de 2018 às 08:41
Igreja da Misericórdia de Braga acolhe um dos concertos da quinta edição do Festival de Guitarra
Igreja da Misericórdia de Braga acolhe um dos concertos da quinta edição do Festival de Guitarra FOTO: Direitos Reservados
A igreja da Misericórdia de Braga é um dos cinco locais que vão acolher espetáculos da quinta edição do Festival de Guitarra de Braga. O evento arranca a 15 de fevereiro e prolonga-se até ao final de março. Conta ainda com palestras, masterclasses, um concurso internacional e um concerto ‘non stop’, que vai durar dez horas.

A guitarra clássica é o elemento central do certame, que tem como objetivo levar à capital do Minho intérpretes nacionais e internacionais de renome. "Todos os anos se procura diversificar as salas do festival no sentido de convidar o público a visitar os espaços da cidade de reconhecido interesse cultural e/ou patrimonial", explica Vítor Gandarela, diretor artístico do certame.

Fábio Zanon protagoniza o concerto de abertura, a 15 de fevereiro, a partir das 21h30, no conservatório de música Calouste Gulbenkian. No dia seguinte, no mesmo espaço e à mesma hora, atua Gary Ryan. Além dos duetos agendados para os restantes dias, o destaque vai para Enrike Solinis e David Mayoral, com guitarra barroca e percussão, que vão atuar na Igreja da Misericórdia, a 3 de março, às 21h30.

O 2º concurso internacional de música de Câmara com Guitarra é um dos momentos altos do evento e está agendado para 17 e 18 de março, no conservatório de Música Calouste Gulbenkian.

A novidade desta edição prende-se com a iniciativa ‘A guitarra sai à rua’ e vai ser protagonizada pelos alunos das classes de guitarra das escolas especializadas do Minho, que durante dez horas vão tocar, alternadamente, música sem interrupção.
Ver comentários