Barra Cofina

Correio da Manhã

Portugal
1

Lisboa marcha com garra nas festas dos Santos Populares

O desfile das marchas acontece na noite de Santo António, de 12 para 13, na avenida da Liberdade, com as 24 marchas participantes.
Beatriz Pinto e Rogério Chambel 9 de Junho de 2019 às 08:29
Desfile da marcha do Bairro da Boavista
Desfile da marcha de Marvila
Desfile da marcha da Graça
Desfile da marcha da Baixa
Desfile da marcha de São Vicente
Desfile da marcha do Bairro da Boavista
Desfile da marcha de Marvila
Desfile da marcha da Graça
Desfile da marcha da Baixa
Desfile da marcha de São Vicente
Desfile da marcha do Bairro da Boavista
Desfile da marcha de Marvila
Desfile da marcha da Graça
Desfile da marcha da Baixa
Desfile da marcha de São Vicente
Mais de sete mil pessoas assistiram esta sexta-feira à primeira das três noites de exibições das marchas populares de Lisboa. A festa decorreu na Altice Arena.

"A marcha é linda" e "ié, ié, ié" são alguns dos gritos de apoio aos marchantes que se fizeram ouvir ao longo da noite. "Vivemos este espírito bairrista baseado na união e construímos uma família, a família de Marvila. Estamos aqui para rebentar tudo", diz Telma Cardanha, 28 anos, da claque de Marvila.

Antes da exibição o ambiente entre os marchantes é de nervosismo mas também de muita alegria.

"Estamos felizes só de ouvir o barulho e apoio da claque, estes gritos são de arrepiar e dão-nos força. No ano passado ficámos em 10º lugar, este ano queremos ficar mais acima", diz Gilda Caldeira, 62 anos, da Boavista.

"A nossa marcha vive muito o bairro mas aquilo que nos diferencia é o rigor", diz Mauro Cruz, 33 anos, de Alfama.

A última noite de exibições decorre este domingo, com as marchas da Santa Casa (que participa extra concurso), Parque das Nações, Castelo, Penha de França, Beato, Bairro Alto e Ajuda.

O desfile das marchas acontece na noite de Santo António, de 12 para 13, na avenida da Liberdade, com as 24 marchas participantes.

PORMENORES
Júri avalia

No pavilhão, cada uma das marchas a concurso tem entre 15 a 20 minutos para apresentar o seu tema ao júri, que avalia as coreografias, figurinos, letras e músicas, entre outros aspetos.

História

Foi em 1932, com o objetivo de revitalizar o Parque Mayer, que alguns bairros desfilaram no Capitólio a convite de Leitão de Barros. Alto do Pina, Bairro Alto e Campo de Ourique foram os participantes.
Ver comentários
}