Barra Cofina

Correio da Manhã

Portugal

Lixo acumulado deixa munícipes de Almada indignados

Contentores de várias zonas do concelho estão cheios e por limpar há vários dias.
Francisca Genésio 26 de Julho de 2018 às 09:19
Lixo
Lixo
Lixo
Lixo
Lixo
Lixo
Há vários dias que os contentores no concelho de Almada estão cheios de lixo. Ao lado dos caixotes, são vários os sacos que se acumulam e até mobiliário danificado.

O aglomerado de entulho e a recolha deficiente por parte da câmara está a indignar os moradores.

"Isto é ridículo, até junto aos ecopontos, que exigem uma recolha seletiva, há lixo indiferenciado", denunciou ao CM um morador, alertando que o caso representa "perigo para a saúde pública" devido à falta de higiene e aos animais que se vão juntando na lixeira. A situação implica ainda que "muitas vezes a circulação pedonal seja feita fora do passeio porque não há espaço com tanto entulho".

O município de Almada tem uma frota com 23 viaturas destinadas à recolha do lixo, mas destas apenas cinco estão operacionais.

Ao CM a autarquia admite "dificuldades na recolha de resíduos", mas garante que é uma situação "excecional".

A Câmara justifica o problema com o facto de a frota herdada pelo antigo Executivo se encontrar "notoriamente obsoleta e a necessitar de ser renovada, resultando numa ocorrência anómala de avarias".

Para contornar as dificuldades na recolha do lixo, o município de Almada tem apelado à solidariedade dos concelhos vizinhos para que disponibilizem viaturas de recolha de resíduos.

Também os Serviços de Salubridade da autarquia estão a mobilizar "todos os meios existentes, incluindo outro tipo de viaturas de limpeza urbana".

Outra das medidas adotadas consiste no aluguer de novas viaturas para regularizar a recolha de lixo.

Até ao final do ano, "ou o mais tardar no início de 2019", a autarquia prevê que a aquisição de novas viaturas possa estar concluída.
Almada Câmara Executivo Serviços de Salubridade ambiente lixo política
Ver comentários