Barra Cofina

Correio da Manhã

Portugal
9

Mafamude ganha praça e parque para 250 carros

Câmara quer que concessionária do estacionamento assuma investimento de 3,5 milhões de euros.
Manuel Jorge Bento 28 de Maio de 2019 às 08:07
Zona envolvente à igreja de Mafamude deverá sofrer requalificação de grande envergadura
Projeto visa dar ‘nova cara’ ao espaço central de Vila Nova de Gaia
Zona envolvente à igreja de Mafamude deverá sofrer requalificação de grande envergadura
Projeto visa dar ‘nova cara’ ao espaço central de Vila Nova de Gaia
Zona envolvente à igreja de Mafamude deverá sofrer requalificação de grande envergadura
Projeto visa dar ‘nova cara’ ao espaço central de Vila Nova de Gaia
Um adro de igreja aberto à comunidade e transformado em anfiteatro, um novo parque de estacionamento subterrâneo com três pisos e 250 lugares, passeios alargados de 0,70 para 2,50 metros na rua Raimundo de Carvalho, e equipamentos paroquiais renovados são as principais metas da requalificação urbanística do centro de Mafamude que a Câmara de Vila Nova de Gaia pretende executar, numa intervenção de 3,5 milhões de euros.

O projeto foi apresentado esta segunda-feira à noite. A câmara, liderada por Eduardo Vítor Rodrigues, pretende lançar, em breve, um concurso para concessão do estacionamento.

O objetivo que está a ser ponderado é que seja a empresa vencedora a assumir a totalidade do investimento. O município pretende que a empreitada arranque já no próximo ano.

O projeto prevê intervenção numa área pública de 5400 metros quadrados e numa área paroquial de 1600 metros quadrados, abrindo o adro da igreja e do cemitério à população. Toda a zona envolvente será também requalificada.

A ideia é permitir um "acesso digno e desafogado e melhor articulação de espaços, anulando a atual conflitualidade com estacionamento automóvel e reduzida dimensão dos passeios", lê-se na memória descritiva do projeto.

A fachada da igreja de Mafamude será também requalificada, bem como os equipamentos paroquiais anexos. O projeto prevê ainda a recuperação do cruzeiro atualmente instalado no adro lateral da igreja, bem como a possível colocação de uma nova escultura alusiva a S. Cristóvão, junto ao templo.

A empreitada visa "dignificar o espaço de fruição pública".
Ver comentários