Barra Cofina

Correio da Manhã

Portugal
7

Melhor escola algarvia é a Secundária de Silves

Cerca de 800 estudantes e 80 professores trabalham nesta instituição centenária.
Diana Santos Gomez 16 de Fevereiro de 2019 às 10:12
Escola foi construída há cem anos e sofreu obras de reestruturação
João Bárbara e Mike de Kanter junto a João Gomes e Joana Silva
Escola foi construída há cem anos e sofreu obras de reestruturação
João Bárbara e Mike de Kanter junto a João Gomes e Joana Silva
Escola foi construída há cem anos e sofreu obras de reestruturação
João Bárbara e Mike de Kanter junto a João Gomes e Joana Silva
Temos material para trabalhar, bons professores, e temos acesso a tudo o que precisamos para lutar pelos nossos sonhos", explicou, entusiasmado, André, aluno de um curso profissional da Escola Secundária de Silves. O estabelecimento de ensino foi eleito o melhor do Algarve, pelo terceiro ano consecutivo, com uma média de 115.10 pontos em 505 exames, de acordo com o ranking das melhores escolas do país publicado este sábado pelo CM.

A escola foi construída há cem anos e tem cerca de 800 alunos e 80 professores. Segundo explicou ao CM João Gomes, diretor da escola, a restruturação das instalações de ensino foi fundamental para melhorar a sua qualidade.

O professor destaca ainda "as palestras com vários convidados todo o ano e os intercâmbios internacionais que permitem abrir os horizontes dos alunos".

A presidente da Associação de Estudantes, Joana Silva, de 18 anos, reforçou a importância da diversidade dos alunos e destacou "o espírito de ajuda", considerando que "a diferença une os colegas".

João Bárbara e Mike de Kanter, de 17 anos, frequentam as disciplinas de física e química e pretendem seguir os estudos na área da engenharia. João considera que foi essencial a introdução da disciplina de física este ano, uma vez que tem sido "uma ajuda para preparar o futuro".

A mesma ideia é partilhada pelo colega Mike. "Os professores estão a adiantar matéria que vamos aprender no próximo ano, tratam-nos como se fossemos fazer exame e isso é muito bom", refere o jovem aluno. As melhoras notas foram nas disciplinas de inglês, economia e matemática.
Ver comentários