Barra Cofina

Correio da Manhã

Portugal

Ondulação destrói bar de praia e populares salvam pescador

Bar NoSolo foi destruído pelo mar em Portimão.
Ana Palma, João Mira Godinho e José Carlos Eusébio 2 de Março de 2018 às 08:35
Carlos Nascimento falou em exclusivo à CMTV
Marina de Portimão ficou inundada
Pescador foi salvo
Ondas
Mar atingiu apoios de praia em Portimão
Carlos Nascimento falou em exclusivo à CMTV
Marina de Portimão ficou inundada
Pescador foi salvo
Ondas
Mar atingiu apoios de praia em Portimão
Carlos Nascimento falou em exclusivo à CMTV
Marina de Portimão ficou inundada
Pescador foi salvo
Ondas
Mar atingiu apoios de praia em Portimão
O mar mostrou a sua força e invadiu esta quinta-feira várias zonas costeiras em toda a região do Algarve, provocando estragos avultados. O caso mais grave aconteceu em Portimão, com a ondulação a destruir o famoso bar NoSolo, na praia da Marina. Em Faro, um pescador foi resgatado por populares e o mar ameaçou várias casas.

Em Portimão, a ondulação forte ultrapassou a barra marítima, durante a maré cheia, e inundou a marina algarvia, provocando prejuízos em estabelecimentos e obrigando à retirada de iates de luxo para evitar mais estragos.

Em Faro, o mar ameaçou casas e um pescador de 66 anos foi resgatado da ria depois de ter tentado salvar o seu barco de pesca, que estava à deriva. "Eu consegui pôr o motor a trabalhar mas depois um cabo enrolou-se numa hélice e começou a meter água", contou ao CM, Carlos Nascimento.

Quando a embarcação já estava quase toda submersa e ele próprio na água, populares conseguiram atirar-lhe uma mangueira e resgatá-lo para terra. Na praia do Cabeço, em Castro Marim, um apoio balnear foi destruído. Em Albufeira, o mar atingiu vários apoios de praias.
Ver comentários