Barra Cofina

Correio da Manhã

Portugal
1

Peniche quer candidatar rendas de bilros a património nacional da UNESCO

Município juntar-se-á a Espanha e Itália na candidatura das rendas de bilro.
20 de Julho de 2017 às 09:58
Rendas de Bilro em Peniche
Rendas de Bilro em Peniche
Rendas de Bilro em Peniche
Rendas de Bilro em Peniche
Rendas de Bilro em Peniche
Rendas de Bilro em Peniche
Rendas de Bilro em Peniche
Rendas de Bilro em Peniche
Rendas de Bilro em Peniche
Peniche é o único município do país a juntar-se a Espanha e Itália numa candidatura das rendas de bilros a património imaterial da UNESCO, anunciou a câmara, no dia em que começa na cidade a maior mostra mundial.

O vice-presidente da Câmara, Jorge Amador, disse esta quinta-feira à agência Lusa que o município deverá "nos próximos meses" formalizar a candidatura a património nacional imaterial junto da Direção Geral do Património Cultural, o primeiro passo para candidatar as rendas à Organização das Nações Unidas para a Educação, Ciência e Cultura (UNESCO).

Segundo o autarca, "o objetivo é valorizar as rendas, as rendilheiras e a arte de rendilhar e passar a tradição às novas gerações".

"Já demonstrámos a intenção de candidatura e estamos a trabalhar no dossiê, reunindo dados sobre a história de 400 anos, a sua importância socioeconómica e o levantamento dos produtos que têm sido criados a partir das rendas", adiantou.

Depois do processo a nível nacional, Peniche tenciona juntar-se aos municípios de Novedrate (Itália) e Camariñas (Espanha), "com maior tradição e dinâmica", para avançar para a UNESCO.

A Mostra Internacional de Rendas de Bilros começa esta quinta-feira e decorre até domingo em Peniche e é considerada a maior em todo o mundo pelo número de delegações representadas.

O evento conta este ano com 25 representações de Espanha, França, Itália, República Checa, Bélgica, Rússia, Polónia, Inglaterra, Suíça, Estónia, Bulgária, Alemanha e Argentina.

Durante a mostra, vão estar em exposição projetos de design urbano, desenvolvidos por alunos da Escola Superior de Artes e Design do Instituto Politécnico de Leiria.

Entre esses, o município vai selecionar alguns para vir a instalar peças alusivas às rendas de bilros em diversos espaços públicos da cidade, desde passeios, jardins ou rotundas.

O programa conta hoje com a apresentação de três bolos de pastelaria, confecionados com microalgas marinhas e inspirados nas rendas, que a partir de setembro vão ser comercializados nas pastelarias da cidade.

Depois da abertura de uma escola, há vários anos, e da inauguração, há um ano, do Museu das Rendas de Bilros, o município quer promover as rendas e a arte com estas iniciativas.

Durante o evento, centenas de rendilheiras vão estar a trabalhar ao vivo em diversos locais da cidade.

O programa prevê também desfiles de moda para dar a conhecer criações nacionais e internacionais, com aplicações das rendas de bilros, concurso de rendilheiras e espetáculos de música e dança.

Para comemorar o seu primeiro aniversário, o Museu das Rendas de Bilros de Peniche vai funcionar com horário alargado, das 10h00 às 23h00, no domingo.
Ver comentários