Barra Cofina

Correio da Manhã

Portugal
5

Recife natural gigante alberga 800 espécies e alga protegida

Beleza subaquática junta-se ao valor biológico e geológico de linha de costa submersa com sete milhas náuticas.
Rui Pando Gomes 6 de Abril de 2016 às 09:34
Espécies marinhas variadas vivem no recife natural de Armação de Pera
Espécies marinhas variadas vivem no recife natural de Armação de Pera FOTO: Divespot
Éum paraíso para biólogos marinhos e mergulhadores e serve de casa a mais de 800 espécies, entre elas uma alga protegida a nível internacional. O recife natural da baía de Armação de Pera prolonga-se por sete milhas náuticas (cerca de 12 quilómetros) e é considerado um dos maiores em Portugal.

A beleza subaquática foi apresentada recentemente na BTL - Feira Internacional de Turismo, em Lisboa, e está a ter cada vez mais procura por parte de investigadores e turistas estrangeiros.

Este recife natural, segundo os biólogos marinhos, terá sido criado há cerca de 30 mil anos, após a subida das águas do mar, que cobriram toda a antiga linha de costa. "É um local com um interesse científico enorme, que continua intacto, sem nenhuma intervenção humana", explicou ao CM João Silva, biólogo do Centro de Ciência do Mar (CCMAR), instalado na Universidade do Algarve. O recife cruza debaixo de água três concelhos: vai desde o Farol de Alfanzina, no concelho de Lagoa, até à ponta da Galé, em Albufeira, ocupando toda a baía de Armação de Pera, Silves.

Recentemente foram identificadas novas espécies com valor científico, que se mistura com o interesse turístico. "A ciência e o turismo podem desenvolver atividades em conjunto, que podem contribuir para a preservação dos habitats que existem no local", garante o especialista do CCMAR.

A riqueza biológica e geológica junta-se assim à beleza procurada por mergulhadores. "Já temos mais de duas mil horas de acompanhamento de equipas de investigação", revelou ao Correio da Manhã Miguel Rodrigues, da empresa de mergulho Divespot, que considera que o recife de Armação de Pera "é um paraíso para os mergulhadores e está nos cinco melhores locais de mergulho de Portugal continental".
Ver comentários