Barra Cofina

Correio da Manhã

Portugal
2

Viadutos de Pedrouços também degradados

Equipamentos deteriorados, com alguns buracos e com a estrutura em ferro à vista.
Bernardo Esteves 26 de Maio de 2017 às 07:59
Autarquia lisboeta afirma que uma inspeção técnica realizada em março de 2016 detetou os problemas
Autarquia lisboeta afirma que uma inspeção técnica realizada em março de 2016 detetou os problemas
Autarquia lisboeta afirma que uma inspeção técnica realizada em março de 2016 detetou os problemas
Viaduto de Alcântara
Desvio de pilar condicionou o trânsito
Autarquia lisboeta afirma que uma inspeção técnica realizada em março de 2016 detetou os problemas
Autarquia lisboeta afirma que uma inspeção técnica realizada em março de 2016 detetou os problemas
Autarquia lisboeta afirma que uma inspeção técnica realizada em março de 2016 detetou os problemas
Autarquia lisboeta afirma que uma inspeção técnica realizada em março de 2016 detetou os problemas
Viaduto de Alcântara
Desvio de pilar condicionou o trânsito
Autarquia lisboeta afirma que uma inspeção técnica realizada em março de 2016 detetou os problemas
Autarquia lisboeta afirma que uma inspeção técnica realizada em março de 2016 detetou os problemas
Autarquia lisboeta afirma que uma inspeção técnica realizada em março de 2016 detetou os problemas
Autarquia lisboeta afirma que uma inspeção técnica realizada em março de 2016 detetou os problemas
Viaduto de Alcântara
Desvio de pilar condicionou o trânsito
Autarquia lisboeta afirma que uma inspeção técnica realizada em março de 2016 detetou os problemas
Depois dos problemas que levaram ao encerramento para obras do viaduto de Alcântara, também os dois viadutos de Pedrouços se apresentam em mau estado. O CM constatou ontem, no local, o estado de degradação dos dois equipamentos, situados sobre a linha ferroviária Lisboa-Cascais e que ligam a avenida da Índia e a avenida de Brasília.

Os dois viadutos apresentam sinais de degradação, com várias zonas esburacadas e com falta de betão. Em algumas áreas até são visíveis as estruturas metálicas no interior. 


Contactada pelo CM, a Câmara Municipal de Lisboa admite que o problema foi detetado numa vistoria realizada há mais de um ano, mas garante que a segurança estrutural do equipamento não está em causa. "Em 13 de março de 2016, fez- -se a mais recente inspeção técnica que apontou para o mau estado de conservação dos viadutos, todavia, a inspeção não menciona risco de segurança estrutural", afirmou ao CM o departamento de comunicação da autarquia.

A câmara promete avançar com obras nas duas estruturas: "A CML tem previsto concluir, para breve, o processo de lançamento de empreitada de reabilitação dos viadutos de Pedrouços".

Os viadutos foram construídos em 1992 e inaugurados pelo então presidente da câmara, Jorge Sampaio.

Recorde-se que no caso do viaduto de Alcântara, a circulação esteve interrompida durante dois meses, entre 22 de março e 22 de maio, devido ao desvio detetado num dos pilares. A autarquia apontou o embate de um camião como causa provável do desvio.
Ver comentários