Barra Cofina

Correio da Manhã

Portugal
5

Vila Nova de Famalicão com sistema de ‘cidade inteligente’

Centro de Operação Global permitirá acesso em tempo real a várias ocorrências.
Sérgio Pereira Cardoso 17 de Fevereiro de 2019 às 09:45
Centro que controlará a cidade ficará num novo edifício que a câmara municipal adquiriu recentemente
Câmara Municipal de Famalicão
Câmara Municipal de Famalicão
Centro que controlará a cidade ficará num novo edifício que a câmara municipal adquiriu recentemente
Câmara Municipal de Famalicão
Câmara Municipal de Famalicão
Centro que controlará a cidade ficará num novo edifício que a câmara municipal adquiriu recentemente
Câmara Municipal de Famalicão
Câmara Municipal de Famalicão
A Câmara de Famalicão vai mesmo avançar para a criação de um Centro de Operações Global que permitirá ao município ter acesso em tempo real a vários indicadores de leitura de ocorrências no concelho ao nível dos resíduos, dos consumos e falhas energéticas, mobilidade e trânsito, proteção civil, infraestruturas, entre outros, e que vai poder ser inclusivamente alimentado com as informações e os contributos dos cidadãos.

O primeiro passo para a entrada em funcionamento do Smart Center Famalicão foi dado na sexta-feira, com a assinatura do contrato de aquisição de uma Plataforma de Inteligência Urbana, celebrado entre o Município de Vila Nova de Famalicão e a NOS, "estabelecendo o compromisso de partilha de informação e de conhecimento, bem como a implementação de iniciativas conjuntas para agilizar a aplicação de soluções tecnológicas no âmbito da inteligência urbana, otimizando a qualidade de vida dos cidadãos", explica a autarquia.

O Smart Center Famalicão será instalado no novo edifício que a autarquia adquiriu recentemente na rua Dr. Francisco Alves, nas imediações dos Paços do Concelho.

Vai ser possível perceber, por exemplo, em tempo real, as fugas de água no ramal de abastecimento, os congestionamentos de tráfego, e as anomalias nas vias de comunicação e na iluminação pública.

"Tudo o que pudermos fazer para melhorar a eficiência da nossa gestão, permitindo intervenções mais rápidas e eficazes no espaço público é, para nós, um objetivo superior a prosseguir", refere Paulo Cunha, presidente da Câmara de Vila Nova de Famalicão.
Ver comentários