Barra Cofina

Correio da Manhã

Portugal

Homem confessa ter matado jovem com deficiência e largado corpo em poço

Suspeito tem 35 anos confessou o crime e já se encontra detido. Augusto estava desaparecido há 6 dias.
Nelson Rodrigues e Paulo Jorge Duarte 11 de Abril de 2021 às 11:01
Augusto Pereira
Augusto Pereira
Augusto Pereira
Augusto Pereira
Augusto Pereira
Augusto Pereira
Augusto Pereira
Augusto Pereira
Augusto Pereira
Augusto Pereira
Augusto Pereira
Augusto Pereira
Um jovem de 26 anos de Ovar, Augusto Pereira, foi encontrado morto num poço em Pardilhó, Estarreja, este sábado à tarde após ter estado desaparecido desde dia 6 de abril. A Polícia Judiciária já determinou que se trata de um homicídio e já identificou e deteve, na madrugada de domingo, um suspeito de 35 anos.

Este homem, um trabalhador da construção civil, já estava a ser investigado há vários dias pela GNR e seria um conhecido da vítima. Foi ele que deu o alerta para o local onde se encontrava o corpo e confessou o crime. As motivações para o homicídio são, para já, desconhecidas.

Ao que o Correio da Manhã apurou, o jovem teria uma "ligeira anomalia psíquica" o que levou a família a entrar em desespero após o seu desaparecimento. Apesar dos seus 26 anos, Augusto teria o mesmo discernimento que uma criança com cerca de 13 anos. 

O corpo de Augusto foi encontrado a oito quilómetros de onde desapareceu.
Estarreja Ovar Augusto Pereira questões sociais crime lei e justiça
Ver comentários