Barra Cofina

Correio da Manhã

Portugal
8

Auditoria deteta desvio de 61 milhões de euros em processo de reavaliação de 23 imóveis no Novo Banco

Em 31 de dezembro de 2019 tinham um valor líquido de 225,4 milhões de euros.
Lusa 5 de Julho de 2022 às 19:17
Não haverá pagamentos ao NB
Não haverá pagamentos ao NB
O relatório da terceira auditoria especial ao Novo Banco detetou um desvio de 61 milhões de euros no âmbito de um exercício de reavaliação de um conjunto de 23 imóveis.

Segundo o relatório da auditoria realizada pela Deloitte, a que a Lusa teve acesso, o Novo Banco criou, no ano de 2020, um departamento novo, a que foi dada a designação de Área de Avaliação de Ativos, passando esta a ser responsável "pela análise de justo valor dos ativos que são registados pelo justo valor nas demonstrações financeiras do Banco, bem como pela realização de análises críticas das avaliações externas recebidas de terceiros sobre esses ativos".

Naquele ano, aquela área deu início a um exercício de reavaliação do justo valor da carteira de ativos ilíquidos do banco, nos quais se incluem 23 imóveis que em 31 de dezembro de 2019 tinham um valor líquido de 225,4 milhões de euros.

Banco Novo Banco economia negócios e finanças serviços financeiros banca
Ver comentários
}