Barra Cofina

Correio da Manhã

Portugal
7

Caçador tinha 43 cães doentes, feridos e com fome no Cadaval

Homem foi constituído arguido pela GNR.
Francisco Gomes 30 de Setembro de 2022 às 01:30
A carregar o vídeo ...
Caçador tinha 43 cães doentes, feridos e com fome no Cadaval
Uma ação de fiscalização a um caçador, no concelho do Cadaval, culminou com a apreensão e resgate de 43 cães que estavam numa quinta a viver em condições de higiene deploráveis - alguns apresentavam fraturas expostas e encontravam-se doentes e esqueléticos.

Na operação estiveram envolvidos o IRA - Intervenção e Resgate Animal, o Gabinete Médico Veterinário Municipal, duas associações locais de proteção de animais, o Instituto da Conservação da Natureza e das Florestas, e a GNR, que constituiu arguido o dono dos animais.

De acordo com o IRA, foram fiscalizados cerca de cem animais, tendo um deles sido internado com ferimentos graves e outros foram transportados para o hospital. Foram encontrados “vários animais malnutridos, com ferimentos ligeiros ou altamente parasitados”. Alguns foram alojados em associações, centros de recolha e famílias de acolhimento.

Cadaval IRA questões sociais animais maus-tratos
Ver comentários