Barra Cofina

Correio da Manhã

Portugal
2

Campanha de sensibilização "Floresta Segura 2021" da GNR arrancou esta segunda-feira

Fase de monitorização e sensibilização decorre até 31 de março. Seguir-se-á a fase de fiscalização.
Lusa 23 de Fevereiro de 2021 às 09:02
Limpeza das florestas
Limpeza das florestas FOTO: Lusa
A Campanha "Floresta Segura 2021" da Guarda Nacional Republicana (GNR) arrancou na segunda-feira em todo o país para prevenir comportamentos de risco, garantir a segurança das populações e salvaguardar a floresta nacional.

Em comunicado, a GNR adianta que a fase de monitorização e sensibilização da campanha, realizada através do Serviço de Proteção da Natureza e do Ambiente (SEPNA), da Unidade de Emergência, de Proteção e Socorro (UEPS) e dos Comandos Territoriais, vai decorrer até 31 de março.

Esta primeira fase visa, segundo a GNR, sensibilizar a população em geral, sobretudo as autarquias, agricultores, caçadores, produtores florestais e a comunidade escolar, para o cumprimento das faixas de gestão de combustível em terrenos confinantes com edificações e junto à rede viária e sobre o uso do fogo.

Após a fase de sensibilização, seguir-se-á a fase de fiscalização.

No ano passado, a GNR sinalizou numa primeira fase mais de 24 mil situações de incumprimento da gestão de combustível, sendo que 14 mil foram registadas em freguesias prioritárias.

Numa segunda fase, por se encontrarem ainda situações de incumprimento, a GNR elaborou 6.257 autos de contraordenação.

No que diz respeito aos incêndios rurais, a GNR registou 4.892 crimes de incêndio florestal, tendo resultado na detenção de 51 pessoas e na identificação de outras 379, realçando que cerca de 23% das ocorrências tiveram origem na realização de queimas e queimadas.

No ano passado, a GNR, em coordenação com a Autoridade Nacional de Emergência e Proteção Civil (ANEPC) e o Instituto da Conservação da Natureza e das Florestas (ICNF), realizou 4.179 ações de sensibilização, que alertaram presencialmente cerca de 60 mil pessoas para a importância dos procedimentos preventivos a adotar.

GNR Floresta Segura Guarda Nacional Republicana acidentes e desastres incêndios questões sociais
Ver comentários