Barra Cofina

Correio da Manhã

Portugal

Confirmadas penas para assassinos de dono de café em Almada

Hermenegildo Varela foi assassinado a tiro, em 2018, ao interpelar gang que assaltava estabelecimento para roubar apuro do Euromilhões.
Sérgio A. Vitorino 16 de Maio de 2022 às 09:15
A carregar o vídeo ...
Confirmadas penas para assassinos de dono de café em Almada
Os quatro homicidas de Hermenegildo Varela, dono do snack-bar Anita, na Cova da Piedade, Almada, assassinado a tiro, em junho de 2018, ao interpelar o gang juvenil que assaltava o estabelecimento para roubar o apuro do Euromilhões, viram o Supremo Tribunal de Justiça confirmar agora as penas a 16 (dois deles), 14 e 13 anos de prisão.

Segundo o acórdão, que o CM consultou, Ricardo (agora com 20 anos), Diogo (23), Eduardo (26) e Fábio (21) acordaram em assaltar o café. Três invadiram o local de cara tapada, na hora do fecho das apostas do Euromilhões, e o quarto esperou no carro, para a fuga. Ricardo, então com 17 anos, tinha um revólver calibre .32 e disparou logo contra uma parede. Atiraram a registadora ao chão e Hermenegildo Varela, de 70 anos, perguntou-lhe o que estavam a fazer e terá dito: "Não matem ninguém." Ricardo deu-lhe logo um tiro no abdómen.

Os quatro arguidos - que fizeram outros assaltos armados - foram ainda condenados a indemnizar a mulher e a filha de Hermenegildo Varela em 70 120 euros.

O grupo foi detido pela Polícia Judiciária de Setúbal em março de 2019.
Ver comentários
}