Barra Cofina

Correio da Manhã

Portugal
8

Corpo de Rendeiro vem para Portugal após pedido da viúva

Maria de Jesus está em contacto com as entidades consulares na África do Sul e com o MNE.
Débora Carvalho 20 de Maio de 2022 às 09:32
João Rendeiro e Maria de Jesus Rendeiro
João Rendeiro e Maria de Jesus Rendeiro FOTO: Correio da Manhã
A viúva de João Rendeiro, encontrado morto na sua cela na África do Sul no dia 13 deste mês, já pediu a trasladação do corpo para Portugal e está em contacto com as entidades consulares nesse país e com o Ministério dos Negócios Estrangeiros (MNE), sabe o CM.

"Em caso de morte de um cidadão nacional no estrangeiro, o posto consular da área de jurisdição onde ocorra o óbito acompanha a situação, prestando apoio aos familiares a pedido destes e, mediante a apresentação da certidão de óbito local, procede à transcrição do óbito para o regime jurídico português", esclareceu o MNE. Só depois deste procedimento é que "o posto consular pode emitir um alvará de trasladação".

Entretanto, Maria de Jesus Rendeiro está desde quarta-feira em liberdade, depois de o Tribunal Central de Instrução Criminal ter revisto a medida de coação que lhe fora aplicada no âmbito do processo sobre o desaparecimento de obras de arte do ex-banqueiro.

A viúva de Rendeiro foi colocada em prisão domiciliária em novembro do ano passado, vigiada por pulseira eletrónica, na mansão na Quinta Patino, em Cascais. A decisão partiu do próprio tribunal, na sequência da morte de Rendeiro, aos 69 anos. Maria de Jesus tem ainda de cumprir apresentações semanais às autoridades e está proibida de sair do País.
Ver comentários
}