Barra Cofina

Correio da Manhã

Portugal
1

Corrupção apontada a magistrado de Felgueiras

O caso remonta a 2014 e a 2016.
25 de Fevereiro de 2018 às 09:54
Tribunal de Felgueiras
Tribunal de Felgueiras
Tribunal de Felgueiras
Tribunal de Felgueiras
Tribunal de Felgueiras
Tribunal de Felgueiras
Tribunal de Felgueiras
Tribunal de Felgueiras
Tribunal de Felgueiras
O procurador António Carvalho, de 53 anos, que estava no Tribunal de Felgueiras está acusado de seis crimes de corrupção passiva e quatro de abuso de poder. Segundo o jornal Público, no mesmo processo, que está na fase de instrução, no Tribunal do Marco de Canaveses, são ainda indiciados de corrupção quatro empresários e cinco sociedades.

Em causa, estarão vários pedidos que o procurador fez nas Finanças para que os serviços tributários suspendessem inspeções a determinadas empresas e também solicitações aos serviços da Segurança Social para aceitarem pedidos feitos por uma empresa de construção para destacar trabalhadores para países europeus, mesmo que não reunissem os requisitos.

O caso remonta a 2014 e a 2016.

Como contrapartida, o procurador recebeu vários empréstimos de empresários beneficiados, sem juros e sem prazo definido. Desde 2010, contabilizava mais de 432 mil euros em empréstimos em dívida.

O procurador aposentou-se por incapacidade em 2017.
Ver comentários