Barra Cofina

Correio da Manhã

Portugal
8

Defesa de João Rendeiro escreveu ao presidente da África do Sul sobre erros no processo de extradição

Advogada June Marks fala em erros no processo contra o ex-banqueiro.
Débora Carvalho 17 de Janeiro de 2022 às 13:11
João Rendeiro está preso há 19 dias na África do Sul, depois de ter sido capturado no âmbito de um mandado de detenção internacional emitido por Portugal
João Rendeiro está preso há 19 dias na África do Sul, depois de ter sido capturado no âmbito de um mandado de detenção internacional emitido por Portugal FOTO: Direitos Reservados
A defesa do ex-banqueiro João Rendeiro escreveu, na passada semana, uma carta dirigida ao presidente da África do Sul e ao Ministro da Justiça e da Polícia  para dar conta dos alegados erros no processo de extradição.

A informação foi confirmada pela advogada June Marks que arrasou as condições da prisão. June Marks sublinhou que houve erros em todo o processo, especialmente nos mandados de detenção.

A defesa do ex-banqueiro suspeita que foi a Interpol a tirar a foto no momento da detenção, quando Rendeiro estava de pijama. June Marks alega violações de privacidade e vai procurar reparar esse dano. 

O ex-banqueiro está preso desde 11 de dezembro. Foi detido em Durban, na África do Sul, após vários meses em fuga.
João Rendeiro June Marks África do Sul questões sociais
Ver comentários