Barra Cofina

Correio da Manhã

Portugal

Defesa do caso Giovani 'ataca' com tese de acidente

Testemunhas inquiridas partilharam a tese de que Giovani tinha "caído acidentalmente".
P.M.P 7 de Setembro de 2021 às 08:34
Giovani Rodrigues morreu em 2019
Arguidos voltaram ontem ao Tribunal de Bragança
Giovani Rodrigues morreu em 2019
Arguidos voltaram ontem ao Tribunal de Bragança
Giovani Rodrigues morreu em 2019
Arguidos voltaram ontem ao Tribunal de Bragança
A defesa dos arguidos do caso Giovani Rodrigues - o estudante que morreu em Bragança após uma rixa à saída de um bar em 2019 - quer provar que a morte do estudante foi acidental e não homicídio.

O julgamento foi retomado esta segunda-feira, tendo sido ouvidas oito das quase 50 testemunhas abonatórias.

As que foram inquiridas partilharam a tese de que Giovani tinha "caído acidentalmente" e classificaram os arguidos como pessoas "educadas e não violentas".
Bragança crime lei e justiça julgamentos Giovani