Barra Cofina

Correio da Manhã

Portugal
3

DESMENTIDO 1.º CASO DE PNEUMONIA ATÍPICA EM PORTUGAL

O director-geral de Saúde desmentiu esta segunda-feira que tenha sido confirmada a detecção do primeiro caso de Síndroma Respiratório Agudo Severo (SRAS), causador da chamada pneumonia atípica no nosso país. Segundo afirmou José Pereira Miguel, “não há em Portugal qualquer caso da doença”.
7 de Abril de 2003 às 13:04
DESMENTIDO 1.º CASO DE PNEUMONIA ATÍPICA EM PORTUGAL
DESMENTIDO 1.º CASO DE PNEUMONIA ATÍPICA EM PORTUGAL
Este desmentido surge no seguimento de uma notícia publicada hoje no jornal “Diário de Notícias”, que revelava, citando o subdirector-geral de Saúde, Francisco George, a detecção do primeiro caso de SRAS no nosso país, indicando mesmo que já teria sido noticiado à Organização Mundial de Saúde (OMS).
De acordo com Francisco George, a doença teria sido contraída por uma mulher que visitou Hong Kong, uma das regiões mais afectadas pela epidemia. De acordo com o “DN”, a paciente encontra-se internada há dez dias num hospital de Lisboa e a sua situação está a evoluir favoravelmente, pelo que pode receber alta dentro de alguns dias.
Francisco George explicou que não foi possível atribuir outra causa ao quadro clínico da doente, razão por que o diagnóstico foi estabelecido no quadro da actual epidemia de SRAS. Contudo, adiantou, que se trata de um caso isolado, não tendo sido estabelecido qualquer cadeia de transmissão da doença no nosso país.
Hoje, o director-geral de Saúde afirmou que deve ter ocorrido um erro de interpretação das palavras proferidas pelo seu subalterno. José Pereira Miguel assegurou que “neste momento não existe qualquer caso de pneumonia atípica em Portugal”, adiantando que a doente em causa foi internada no Hospital Militar de Lisboa por ter apresentado alguns sintomas que suscitaram dúvidas, mas que não tem actualmente qualquer dos sintomas de SRAS definidos pela OMS, pelo que tudo não passou de uma “suspeita não confirmada”.
Neste momento, em Portugal, estão designados quatro hospitais para receber eventuais casos de pneumonia atípica: Santa Maria (em Lisboa), Joaquim Urbano e São João (no Porto) e Distrital de Faro (Algarve). Até ao momento, a epidemia de SRAS, cujos sintomas podem assemelhar-se aos de uma gripe, já provocou mais de 110 mortos em todo o Mundo, sobretudo na China e em Hong Kong.
Ver comentários