Barra Cofina

Correio da Manhã

Portugal
9

Detidos por sovar as companheiras em Sernancelhe e Castelo Branco

Um dos homem guardava várias armas ilegais em casa.
Luís Oliveira 4 de Outubro de 2020 às 09:38
A carregar o vídeo ...
Um dos homem guardava várias armas ilegais em casa.
A GNR anunciou este sábado ter detido dois homens por violência doméstica sobre as companheiras. Os crimes ocorreram em Sernancelhe e em Castelo Branco.

No caso de Castelo Branco, as agressões aconteceram durante os seis anos em que o agressor, de 44 anos, e a namorada, de 50, mantiveram uma relação. Segundo fonte policial, a detenção aconteceu na sequência de uma denúncia pelo crime de violência doméstica feita através de um contacto telefónico. Os militares da GNR fizeram diligências e apuraram que o homem agredia física e psicologicamente, e de forma reiterada, a sua namorada seis anos mais velha.

Em busca domiciliária realizada na sexta-feira, a GNR apreendeu ao suspeito duas armas de ar comprimido, uma pistola modificada de calibre 9 milímetros (reservada a polícias e militares), uma arma branca, 97 cartuchos de calibre .12 e quatro doses de haxixe.

O suspeito foi na sexta-feira presente a um juiz do Tribunal de Castelo Branco. Foi libertado mas ficou proibido de se aproximar da vítima a menos de 500 metros, medida que será controlada por pulseira eletrónica.

Já em Sernancelhe, foi detido pela GNR da Guarda um homem de 42 anos que exercia violência física e verbal sobre a companheira, nove anos mais nova. O suspeito foi ouvido por um juiz do Tribunal de Trancoso e ficou proibido de contactar a vítima por qualquer meio e sujeito a apresentações semanais no posto da GNR da sua área de residência.
Sernancelhe Castelo Branco GNR crime lei e justiça polícia polícia maus-tratos
Ver comentários