Barra Cofina

Correio da Manhã

Portugal
1

Diretor do DIAP do Porto demitiu-se após convite para o Supremo

João Rato considerou que o convite da Procuradora-geral da República (PGR) era, no fundo, "abrir a porta" à sua saída de diretor do DIAP do Porto
Lusa 23 de Junho de 2021 às 18:15
DIAP do Porto
DIAP do Porto FOTO: Eduardo Martins
O diretor do Departamento de Investigação e Ação Penal (DIAP) do Porto João Rato apresentou a demissão do cargo, após ter sido convidado para funções no Ministério Público junto do Supremo Tribunal de Justiça, confirmaram à Lusa fontes daquela magistratura.

Segundo adiantou à Lusa uma das fontes da magistratura do MP, João Rato, que tinha expectativas de vir a substituir Maria Raquel Desterro (que se vai jubilar) à frente da distrital regional do Porto do MP, considerou que o convite da Procuradora-geral da República (PGR) era, no fundo, "abrir a porta" à sua saída de diretor do DIAP do Porto, cargo que é visto como sendo "mais relevante" do que ser "mais um" dos procuradores-gerais adjuntos no Supremo Tribunal de Justiça.

De acordo com a mesma fonte, João Rato, ao ser convidado por Lucília Gago para o STJ, "percebeu logo" que era um "convite envenenado" e que estava a prazo como diretor do DIAP do Porto, pois "queriam meter outra pessoa" no seu lugar.

Ver comentários