Barra Cofina

Correio da Manhã

Portugal
2

Discoteca no Algarve onde homem foi espancado nega "relação de trabalho" com o segurança agressor

"O agressor não trabalha, nem nunca trabalhou, para o Club Vida", pode ler-se no comunicado da empresa.
Correio da Manhã 11 de Outubro de 2021 às 13:44
A carregar o vídeo ...
Câmaras de vigilância captam violenta agressão numa discoteca em Albufeira
A discoteca Club Vida em Albufeira, no Algarve, onde um homem foi agredido com violência por um segurança no passado dia 3, nega qualquer "relação de trabalho" com o agressor. 

"O autor das agressões tem a profissão de segurança. No entanto, não tem nem nunca teve qualquer relação de trabalho com o Club Vida. O agressor não trabalha, nem nunca trabalhou, para o Club Vida. Ele é segurança num dos bares da Rua da Oura e estava no Club Vida como cliente", afirma a empresa em comunicado.

Segundo o Club, a vítima das agressões é um funcionário de outro estabelecimento do grupo.

Nos comentários ao comunicado da discoteca, publicado nas redes sociais, muitas são as pessoas que questionam o porquê dos outros seguranças não fazerem nada ao assistirem às violentas agressões. Há ainda quem pergunte porque é que o agressor estava com a farda da empresa dentro do estabelecimento já que, segundo o comunicado, este "não trabalha nem nunca trabalhou para o Club Vida".
discoteca Club Vida Algarve Albufeira questões sociais economia negócios e finanças segurança
Ver comentários