Barra Cofina

Correio da Manhã

Portugal
3

Dois homens de 24 e 17 anos suspeitos de vários crimes após altercação com militares em Leiria

Após uma altercação num estabelecimento de diversão noturna com um grupo de militares, "os dois suspeitos muniram-se de uma arma de fogo, vindo a disparar e a atingir uma vítima nos membros superiores, tendo-se colocado em fuga, após a prática dos factos".
Lusa 9 de Agosto de 2022 às 13:40
PSP Leiria
PSP Leiria FOTO: CMTV
A Polícia Judiciária (PJ) deteve hoje dois suspeitos dos crimes de ofensas à integridade física qualificada, falsidade de testemunho e detenção de arma proibida após uma altercação com militares, em Leiria.

Em comunicado, a PJ adianta que, após uma altercação num estabelecimento de diversão noturna com um grupo de várias pessoas, militares de profissão, "os dois suspeitos muniram-se de uma arma de fogo, vindo a disparar e a atingir uma vítima nos membros superiores, tendo-se colocado em fuga, após a prática dos factos".

"Posteriormente, um dos arguidos, também ferido, deslocou-se a um hospital na zona de Lisboa, prestando falsas declarações quanto à origem dos seus ferimentos", refere a PJ.

Os factos ocorreram nem 09 de março último, acrescenta a PJ.

Os arguidos, de 17 e 24 anos, vão ser presentes às autoridades judiciárias, para a eventual aplicação de outras medidas de coação.

O inquérito é dirigido pelo Departamento de Investigação e Ação Penal de Leiria e as detenções feitas pelo Departamento de Investigação Criminal de Leiria da PJ.

Fonte da PJ esclareceu que os militares são das Forças Armadas e os arguidos de Leiria, cidade onde ocorreram os crimes, num contexto de diversão noturna.

Ver comentários