Barra Cofina

Correio da Manhã

Portugal
8

Dona de bar de alterne e filho burlam 36 clientes no Porto. Esquema rendeu mais de 250 mil euros

Suspeitos usavam um terminal de pagamentos multibanco existente no bar para enganarem as vítimas.
Ana Isabel Fonseca 28 de Janeiro de 2022 às 19:07
A carregar o vídeo ...
Dona de bar de alterne e filho burlam 36 clientes no Porto. Esquema rendeu mais de 250 mil euros

O Ministério Público do Porto deduziu acusação contra a proprietária de um bar de alterne, no Porto, e o filho por burlas cometidas contra 36 clientes. O esquema foi praticado entre 2019 e o ano passado e rendeu mais de 250 mil euros.

Os suspeitos usavam um terminal de pagamentos multibanco existente no bar para enganarem as vítimas. Em algumas situações, os arguidos no ato de pagamento, sob o pretexto de erro na operação, levavam os clientes a validar várias tentativas operações permitindo sucessivos pagamentos de outras quantias que eram digitadas no terminal.

Em outros casos, os suspeitos conseguiam distrair as vítimas, apoderavam-se dos seus cartões e já com os códigos PIN previamente decorados faziam vários pagamentos. Transferiram a cada cliente entre cinco mil a 30 mil euros.

O Ministério Público dá ainda conta de que as vítimas eram previamente aliciadas nas redes sociais para encontros amorosos naquele bar. Também estas mulheres vão responder em julgamento, sendo que este processo tem no total sete arguidos.

Mãe e filho estão acusados de 36 crimes de burla informática e ainda branqueamento de capitais. A mulher – que foi detida em julho de 2021 num operação da Divisão de Investigação Criminal da PSP do Porto – está em prisão preventiva.

Porto Ministério Público do Porto julgamentos crime bar alterne esquema PSP
Ver comentários