Barra Cofina

Correio da Manhã

Portugal
4

Duarte Lima saiu em liberdade mas Ministério Público pediu prisão preventiva

Foi presente esta manhã a um juiz do Tribunal de Sintra para conhecer as medidas de coação no âmbito do homicídio de Rosalina Ribeiro.
Débora Carvalho 30 de Setembro de 2022 às 13:51
A carregar o vídeo ...
Duarte Lima saiu em liberdade mas Ministério Público pediu prisão preventiva
Duarte Lima sai em liberdade, mas fica com termo de identidade e residência e ainda com obrigatoriedade de apresentações periódicas.

O antigo líder parlamentar do PSD fica também proibido de sair do país e tem de entregar o passaporte.

As medidas de coação foram aplicadas durante a manhã desta sexta-feira no Tribunal de Sintra a propósito do homicídio de Rosalina Ribeiro.

O arguido foi libertado esta quinta-feira após cumprir seis anos de prisão por burla e branqueamento no âmbito do caso BPN. Mas, menos de um minuto depois de sair da prisão, foi detido pela PSP e levado num carro-patrulha.

O CM sabe que o Ministério Público pediu a prisão preventiva de Duarte Lima na audiência, onde foram aplicadas as medidas de coação, alegando perigo de perturbação grave da ordem e da tranquilidade públicas

A Magistrada do Ministério Público deu como alternativa, caso não fosse decretada a prisão preventiva, a medida de obrigação de permanência na habitação.
Duarte Lima Tribunal de Sintra Rosalina Ribeiro crime lei e justiça
Ver comentários