Barra Cofina

Correio da Manhã

Portugal
8

Duarte Lima vai ser presente a juiz do Tribunal de Sintra esta sexta-feira para conhecer medidas de coação

Ex-deputado saiu da cadeia. Vai agora ser julgado pelo homicídio de Rosalina Ribeiro.
Débora Carvalho e Lusa 29 de Setembro de 2022 às 18:22
A carregar o vídeo ...
Veja o momento em que Duarte Lima saiu da cadeia da Carregueira e foi novamente detido
Duarte Lima sai em liberdade esta tarde de quinta-feira, pouco antes das 19h. O ex-deputado social democrata estava a cumprir uma pena de 6 anos de prisão, no Estabelecimento Prisional da Carregueira, em Sintra.

A pena de Duarte Lima, condenado no caso ‘BPN/Homeland’, estaria quase a terminar, mas, devido a recurso, saiu esta quinta-feira, em liberdade. No entanto, o ex-deputado do PSD saiu com o novo mandado de detenção na mão, tendo sido logo detido, pois será julgado pelo homicídio de Rosalina Ribeiro em meados de novembro.

Duarte Lima vai ser presente na sexta-feira ao juiz de julgamento do caso de homicídio de Rosalina Ribeiro, no Tribunal de Sintra, após o Ministério Público propor um agravamento da medida de coação.

O advogado de Duarte Lima disse à Lusa que o seu cliente foi hoje libertado da prisão da Carregueira (Sintra), após ganhar um recurso no Tribunal da Relação de Lisboa sobre a liberdade condicional no processo Homeland, mas imediatamente alvo de um mandado de detenção do Ministério Público (MP) para ser presente ao juiz que o vai julgar no caso da morte da portuguesa Rosalina Ribeiro, no Brasil, em 2009.

Joaquim Cardoso Santos revelou que o MP pediu ao juiz do Tribunal de Sintra o agravamento da medida de coação imposta a Duarte Lima enquanto este aguarda julgamento, o qual foi executado pela PSP logo que abandonou a cadeia.

Carregueira Estabelecimento Prisional da Carregueira Duarte Lima Sintra crime lei e justiça prisão
Ver comentários