Barra Cofina

Correio da Manhã

Portugal
2

Fere-se com tiro ao ajudar vizinho

Foi buscar a caçadeira ao ver assalto, mas acabou por cair.
Ana Borges Pinto 3 de Abril de 2016 às 13:04
Luciano Gomes mora sozinho num casebre e foi abordado por três mulheres, que acabaram por lhe levar 2500 euros
Luciano Gomes mora sozinho num casebre e foi abordado por três mulheres, que acabaram por lhe levar 2500 euros FOTO: Ana Borges Pinto
Um homem de 52 anos ficou ferido com gravidade, ontem à tarde, depois de ter sido atingido num braço por um tiro que o próprio disparou da sua caçadeira.

Tudo aconteceu por volta das 16h00, na localidade de Sendas, em Bragança, quando Júlio Nicolau se preparava para fazer um tiro para o ar, com o intuito de travar um grupo de assaltantes que tinha roubado um vizinho.


O caso começou quando Luciano Gomes, de 73 anos, foi vítima de um furto. Três mulheres engendraram um esquema que passava pela venda de camisas. Pediram ao homem para sair de casa para lhe mostrarem as mesmas, enquanto uma das assaltantes lhe entrou na habitação e roubou 2500 euros.

"Duas ficaram a distrair-me e a outra entrou-me em casa e levou-me as poupanças de toda a vida", explicou o reformado por invalidez, que mora sozinho.

Júlio Nicolau apercebeu-se da situação e, quando as mulheres fugiram para um carro conduzido por um homem, foi buscar a caçadeira. Ter-se-á depois desequilibrado e caído com a arma, que acabou por disparar, atingindo o homem no braço esquerdo.

"O alerta que recebemos era para uma queda. Quando chegámos ao local, já lá estava a GNR e encontrámos a vítima no chão com uma hemorragia abundante no braço", disse ao CM fonte dos Bombeiros de Bragança. "Prestámos logo o socorro necessário e de seguida iniciámos o transporte para o Hospital de Bragança, onde foi sujeito a uma cirurgia", concluiu. As três mulheres e o cúmplice escaparam.
Sendas Bragança Júlio Nicolau Luciano Gomes GNR Bombeiros de Bragança Hospital de Bragança crime assalto
Ver comentários